Estatística que preocupa! Santos precisa se atentar a detalhe para melhorar campanha no Paulistão

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

O Santos não faz um bom Campeonato Paulista. Em quatro partidas realizadas antes da paralisação do torneio, venceu apenas uma - acumula ainda dois empates e uma derrota. Além disso, há uma estatística que, no mínimo, merece atenção: é o time, em média, que mais perde a posse de bola entre todos os participantes.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em números totais, o Peixe, com 137 perdas, até fica atrás de Mirassol (155) e Corinthians (169). Essas duas equipes, porém, já entraram em campo cinco vezes. Com isso, a média de 34.4 perdas por duelo faz com que o Alvinegro fique à frente dos rivais.

O jogador que mais se viu sem a bola foi o atacante Ângelo, desarmado 22 vezes (média de sete por jogo). Na sequência aparece o também atacante Lucas Braga (12 e média de seis). Isso, possivelmente, está diretamente relacionado às características dos atletas, que buscam o drible e gostam de ir para cima dos adversários.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com cinco pontos conquistados, o Santos ocupa a terceira posição do Grupo D, atrás de Mirassol e Guarani. A competição, a princípio, não será retomada antes do dia 11 de abril.

Para mais notícias do Santos, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.