Estafe de Rafinha inicia conversas com o Flamengo por 'valorização'

Lazlo Dalfovo
LANCE!
Destaque nos títulos do Brasileiro e da Libertadores, Rafinha atuou 30 partidas em 2019 (Foto: KARIM JAAFAR / AFP)
Destaque nos títulos do Brasileiro e da Libertadores, Rafinha atuou 30 partidas em 2019 (Foto: KARIM JAAFAR / AFP)


Xodó da torcida e conhecido como "capitão sem faixa" do Flamengo, Rafinha vê o seu estafe iniciar conversas com a diretoria rubro-negra por "valorização", segundo apurado pelo LANCE!. Conforme informado inicialmente pelo site "UOL", Lincoln, ex-meia e um dos empresários do atleta, esteve no Ninho do Urubu na última quarta-feira para reunião com Marcos Braz e Bruno Spindel, vice-presidente de futebol e diretor da pasta, respectivamente, do clube.

Aos 34 anos, o lateral-direito possui uma cláusula em seu contrato que permite uma saída gratuita para clubes do exterior. E há o constante interesse de fora do país. Com tais bases apresentadas, representantes, a princípio, externaram o desejo de ampliação de vínculo - atualmente até maio de 2021 - e salarial.

A título de curiosidade, existe uma multa registrada no vínculo para o mercado nacional, que beira a casa dos R$ 33 milhões. A fim de se blindar de propostas estrangeiras, o Flamengo conversa para que os interesses sejam convergidos antes da estreia de Rafinha na temporada.

A custo zero, Rafinha chegou ao Fla em meados de 2019, após 14 anos na Europa, dos quais oito foram a camisa do Bayern de Munique. Identificado com o Rubro-Negro e ainda de férias, o lateral é aguardado dia 27 no Ninho do Urubu, junto aos atletas que disputaram o Mundial de Clubes. Por enquanto, o jovem João Lucas será o titular da posição.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também