Estadual? Após vitória sobre o Fluminense, Flamengo só pensa na Libertadores

O Flamengo saiu na frente na briga pelo título carioca ao vencer, neste domingo (30), o Fluminense por 1 a 0. Após o clássico, jogadores e o técnico Zé Ricardo comemoraram a vantagem para a grande decisão. No entanto, a partida da próxima quarta-feira (3), contra o Universidad Católica, do Chile, esteve tão presente no discurso quanto o Fluminense.

Além da partida válida pela Libertadores da América, o bom primeiro tempo no clássico realizado no Maracanã foi exaltado. Em sua entrevista coletiva, o técnico Zé Ricardo também tranquilizou os torcedores que deixaram o estádio preocupados com Paolo Guerrero e Rômulo, substituídos por lesão. Abaixo, confira um resumo do melhor que aconteceu após a vitória!

Rever e Vaz já estão pensando na Libertadores

Rever Henrique Fluminense Flamengo Carioca 30042017

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação)

“O mais importante é que nós viemos de um jogo muito difícil, na quarta-feira, e hoje nós conseguimos fazer um primeiro tempo muito bom. No segundo tempo acho que pesou um pouco as pernas, conseguimos administrar. Fizemos um ótimo placar para o segundo jogo, mas não tem nada definido. Agora é descansar e, quarta-feira, ir em busca de uma classificação na Libertadores”, disse o zagueiro Rever para o Sportv.

“Em clássico, você ter uma certa vantagem já é positivo. É muito difícil você tirar um gol de diferença, principalmente em um clássico. Então, acho que nós demos um passo importante, mas não conquistamos nada ainda”, completou o capitão. O discurso de Rafael Vaz, seu companheiro de zaga, foi bastante parecido.

“Eu acho que fizemos uma grande partida. Ainda temos 90 minutos e acho que isso mostra que o Flamengo está querendo o título. Agora é concentrar para quarta-feira porque temos um grande jogo, também”.

Willian Arão exalta vantagem, mas faz alerta

Willian Arão Botafogo Flamengo Carioca 12022017

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação)

“Cada jogo tem uma história”, avaliou o meio-campista Willian Arão. “Hoje, nós conseguimos marcar melhor o Fluminense, conseguimos jogar mais no primeiro tempo. No segundo tempo a gente recuou um pouco, tivemos chances no contra-ataque. São dois jogos diferentes, o importante é que saímos vitoriosos e construímos uma boa vantagem para o segundo jogo”.

“Mesmo que seja um gol é uma vantagem grande sim, mas a gente não pode se apoiar em cima dela. A gente vai trabalhar para poder chegar na segunda partida e jogar como hoje, ou senão melhor, para conseguir consolidar o título”, completou.

Rômulo tranquiliza sobre lesão: “Pedi pra sair por precaução”

“Agora é tratar, descansar e pensar na quarta. Estou me sentindo bem. Pedi pra sair por precaução. Fizemos um grande jogo e domingo que vem será outra grande decisão. Já passou. Agora é pensar na quarta".

Zé Ricardo elogia Everton e foca em descanso

Ze Ricardo Flamengo Botafogo Brasileirão 05112016

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação)

“A primeira parte do jogo foi decisiva, logicamente há outra partida e, entre elas, outra muito desgastante pelas Libertadores. Tenho que enaltecer desempenho pelo grupo e descansar bastante”, disse o técnico rubro-negro, que elogiou a exibição de Everton, autor do gol sobre o Flu, e explicou por que substituiu Paolo Guerrero.

Everton Fluminense Flamengo Carioca 30042017

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo/Divulgação)

“Muito bom ter Everton de volta, taticamente cumpre bem a função. Sabíamos que a volta dele ia fortalecer nosso lado. Tanto Lucas quanto Léo atacam muito. Teve a felicidade de fazer nosso gol. Vamos recuperar ele bem, estava em dúvida se jogaria 90 minutos. A preocupação é recuperá-lo pro jogo de quarta-feira”, disse.

“O que temos de informação é que Paolo teve cãibra na panturrilha mesmo por todo o esforço feito. Rômulo teve leve entorse no joelho direito, mas a princípio acho que não teremos problemas graves”.