Estados Unidos vencem Austrália e são bronze no futebol feminino

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A seleção dos Estados Unidos ficou com o terceiro lugar no torneio feminino de futebol nas Olimpíadas de Tóquio. Liderada por Megan Rapinoe e Carli Lloyd, com dois gols cada, a equipe norte-americana bateu a Austrália de Sam Kerr por 4 a 3 nesta quinta-feira (5).

A partida foi muito movimentada e contou com golaços para as duas equipes. Os gols das australianas, que até o final pressionaram a zaga americana, foram marcados por Kerr, foord e Gielnik. Apesar de conseguirem criar menos jogadas durante a partida, as Matildas -apelido da seleção feminina da Austrália- conseguiram dificultar o caminho americano até a medalha.

Atuais campeãs olímpicas, as norte-americanas sofreram com atuações abaixo da média nas Olimpíadas de Tóquio. Elas estrearam com uma derrota por 3 a 0 para a Suécia e se recuperaram com uma goleada por 6 a 1 sobre a Nova Zelândia.

Contra a Austrália, o empate em 0 a 0 classificou os EUA em segundo do grupo. Nas quartas, passaram pela Holanda nos pênaltis e, na semifinal, foram derrotadas pelo Canadá.

A trajetória das australianas já foi mais como o esperado. O país vai sediar a próxima Copa do Mundo em 2023 e, com o quarto lugar em Tóquio-2020, se coloca entre as grandes potências da modalidade.

Classificada no terceiro lugar do mesmo grupo das americanas, a Austrália venceu a Nova Zelândia e foi derrotada pela Suécia, além do empate com os EUA, para avançar às quartas. O time superou as britânicas em uma partida recheada de reviravoltas que terminou em 4 a 3 na prorrogação das quartas. Por fim, as Matildas australianas foram derrotadas nas semis pela Suécia por 1 a 0.

A final do futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, entre Suécia e Canadá, será realizada ainda nesta quinta (5), às 23h (de Brasília). Quem vencer conquistará o inédito ouro olímpico na modalidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos