Estados Unidos usam logotipo arco-íris na Copa do Mundo do Qatar em apoio à comunidade LGBTQIA+

Seleção norte-americana já está no Qatar para a disputa da Copa do Mundo (Divulgação/Seleção dos Estados Unidos)


Durante a preparação para a disputa da Copa do Mundo, a seleção dos Estados Unidos tem demonstrado total apoio à comunidade LGBTQIA+. Com isso, utilizou um logotipo com tema de arco-íris em seu centro de treinamento no Qatar.

Cabe salientar que relacionados de pessoas do mesmo sexo são ilegais no pás anfitrião do mundial. Algo que tem gerado críticas em todo mundo à medida que o início da maior competição de futebol da história se aproxima.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo do Qatar


O design apresenta sete listras verticais nas cores do arco-íris abaixo de “EUA” em letras azuis escuras e faz parte da iniciativa “Be The Change”, adotado em 2020. O objetivo é inspirar ações em questões de justiça social.

- Quando estamos no cenário mundial e quando estamos em um local como o Catar, é importante conscientizar sobre essas questões e é disso que se trata 'Be the Change - disse o técnico dos EUA, Gregg Berhalter, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, e completou:

- Não é só nos Estados Unidos que queremos chamar a atenção para as questões sociais, é também no exterior. Reconhecemos que o Catar avançou e houve muito progresso, mas ainda há trabalho a fazer - acrescentou.

Essa será a primeira vez em que a Copa do Mundo será disputada em um país do Oriente Médio. Diante disso, os próprios organizadores do Mundial ressaltam que, independentemente da orientação sexual ou origem, todos os torcedores serão bem-vindos, porém alertam contra demonstrações públicas de afeto.

Neste contexto, alguns jogadores demonstraram preocupação com os direitos dos torcedores que estão presentes no período da Copa do Mundo. Principalmente pessoas LGBTQ+ e mulheres, que grupos de direitos humanos ressaltam que as leis do Qatar discriminam.

- Somos um grupo que acredita na inclusão e continuaremos a projetar essa mensagem daqui para frente - disse o goleiro americano Sean Johnson, antes de emendar:

- Conversamos e continuamos a ter discussões à medida que avançamos para os jogos. Nós nos apoiamos na mensagem de 'Seja a Mudança'. Isso é algo de que nos orgulhamos e continuamos trabalhando, sendo impactantes conosco mesmos, nossa presença e nossa plataforma, e continuaremos sendo assim aqui no Catar - explicou.

Por fim, o escudo arco-íris não será usado durante as partidas da seleção norte-americana, mas tem sido exibido de forma frequente pela US Soccer como forma de promover o espírito de inclusão.

- Nosso emblema arco-íris tem um papel importante e consistente na identidade do futebol americano - disse o porta-voz do futebol americano Neil Buethe à Reuters.

- Como parte de nossa abordagem para qualquer partida ou evento, incluímos a marca arco-íris para apoiar e abraçar a comunidade LGBTQ, bem como para promover um espírito de inclusão e boas-vindas a todos os fãs em todo o mundo - explicou:

+ Abertura da Copa do Mundo 2022: veja data, horário e atrações da cerimônia

- Como resultado, os locais que administraremos e operaremos na Copa do Mundo da Fifa, como o hotel da equipe, áreas de mídia e festas, apresentarão a marca tradicional e o arco-íris do futebol americano - concluiu.