Estados da região sul apresentam alta no número de mortes por coronavírus

Yahoo Notícias
Passageiros no aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba (Foto: Gabriel Machado/NurPhoto via Getty Images)
Passageiros no aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba (Foto: Gabriel Machado/NurPhoto via Getty Images)

Entre os 11 estados que registraram alta na curva de mortes por coronavírus, estão os três estados do sul do país, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. No início da pandemia do Brasil, a região apresentava bons números, o que levou a uma reabertura considerada precoce.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Os times de Porto Alegre, por exemplo, estiveram entre os primeiros com permissão para voltar a treinar, em 4 de maio. Atualmente, as equipes não podem nem mesmo jogar na capital do Rio Grande do Sul e estão se deslocando para disputar a reta final do campeonato estadual.

Na última sexta-feira, 24, a Justiça do Rio Grande do Sul determinou de forma liminar que a prefeitura da capital gaúche apresente um plano detalhado para enfrentar o novo coronavírus. A decisão foi tomada após uma ação do Ministério Público.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo informações do portal G1, a decisão tomada pela juíza Nadja Mara Zanella explica que a necessidade de informações urgente. “Resta clara necessidade urgente de informações quanto ao detalhamento relativo às providências a serem tomadas para o final do mês de julho e para os meses de agosto e setembro de 2020”, justificou a magistrada.

No último domingo, 26, foram registradas 17 mortes no Rio Grande do Sul pela Covid-19. No dia 14 de julho, dia com maior número de mortes, foram 65. A curva mostra que, aos domingos, o número costuma ser mais baixo.

Dados são da ferramenta Monitora Covid, da Fiocruz (Foto: Reprodução/MonitoraCovid)
Dados são da ferramenta Monitora Covid, da Fiocruz (Foto: Reprodução/MonitoraCovid)

Imagens da reabertura em Santa Catarina viralizaram nas redes sociais, como um shopping em Blumenau que abriu e gerou aglomeração. Depois, a situação piorou.

Leia também

O portal G1 divulgou que, entre os 1.347 leitos de UTI da rede pública do estado, 1.090 estão ocupados. Entre esses pacientes, 474 estão com suspeita ou têm casos confirmados de coronavírus. Entre as 295 cidades do estado, 289 já registraram pelo menos uma infecção.

Já são mais de 900 mortes no estado pela Covid-19, segundo o boletim divulgado no último domingo. O total de casos passa de 68 mil e foram feitos 197 mil testes.

Com o aumento no número de casos, o futebol tinha sido suspenso. A decisão foi tomada no dia 13 de julho e, no dia 24, o governador do estado, Carlos Moisés (PSL), tinha decidido prorrogar a data até 7 de agosto. No entanto, no domingo, 26, o governador mudou de ideia. Agora, a tendência é que os jogos voltem entre 29 e 30 de julho.

No Paraná, o número de novos casos e mortes também tem crescido. Dados divulgados pela Secretaria de Saúde do estado no último domingo, 26, foram 44.587 casos de coronavírus nas quatro semanas epidemiológicas de julho.

O crescimento foi de 164% em relação ao mês de junho. Na sexta-feira, o estado decidiu suspender as cirurgias eletivas na rede pública.

No início de julho, o governo do Paraná havia imposto uma quarentena rigorosa para oito regiões do estado. No dia 14 de julho, suspenderam a determinação para sete delas.

Apenas oito cidades do estado ainda não registraram casos do novo coronavírus.

Leia também