Do esporte aos reality shows: como surgiu Tiago Leifert

LANCE!
·3 minuto de leitura


Desde 2017, Tiago Leifert é a cara do reality show "Big Brother Brasil", da TV Globo. Os fãs do programa, contudo, as vezes esquecem das origens esportivas do apresentador nas telinhas. Leifert passou pelo "GloboEsporte SP", "Esporte Espetacular", "Zero1" e até no "Desafio ao Galo" antes de apresentar os programas de entretenimento que fizeram sua carreira decolar.

> Confira a classificação atualizada dos campeonatos estaduais e simule os resultados do seu time!

Antes mesmo de entrar na faculdade, Leifert foi repórter do campeonato paulista de futebol amador "Desafio ao galo", aos 16 anos, na TV Record. O futuro apresentador foi repórter de campo do torneio e entrevistava jogadores no pós-jogo e no intervalo. Esta foi a primeira experiência profissional de Tiago com o jornalismo esportivo.

Após se formar em jornalismo e psicologia na Universidade de Miami, nos Estados Unidos, e fazer um estágio na emissora norte-americana NBC, Tiago Leifert começou sua experiência como apresentador na TV Vanguarda, afiliada da Globo em São José dos Campos, interior de São Paulo. Aos 24 anos, ele exibia o "Vanguarda Mix", um "programa de entretenimento jovem" do canal.

Seu sucesso o levou para o "SporTV" em 2006, quando começou a fazer reportagens para o canal. Neste período, Tiago foi um dos pioneiros a falar de eSports fora na TV, o que não o impediu de tratar de esportes mais consolidados. Dentre estes, Leifert fez uma matéria sobre a aposentadoria do tenista multicampeão Andre Agassi antes de ser contratado como repórter esportivo da Globo, em 2008.

Tiago Leifert - Desafio ao Galo
Tiago Leifert - Desafio ao Galo

Tiago Leifert fazendo a reportagem em campo de uma partida do "Desafio ao galo", entre 1996 e 1998 (Reprodução/TV Globo)

​Já na Globo, sua ascensão foi rápida. Em quatro meses, Tiago Leifert foi de repórter esportivo para editor-chefe e apresentador do "GloboEsporte SP", cargo mais alto do programa. Ele foi o responsável pelo programa adotar um novo formato, que deixou o noticiário mais informal, sem o uso de teleprompter, com mais movimentação e mais improviso.

- O esporte não é economia, não é política, o esporte é especial. O jornalista esportivo tem, acima de tudo, que cuidar e ter carinho pelo esporte; tem que saber que a reportagem dele pode fazer alguém chorar ou dar risada. É para isso que ela serve. Se você tira a emoção, você tira tudo - disse Leifert ao site da TV Globo.

​O novo modelo implementado por Tiago Leifert no "GloboEsporte SP" foi rapidamente adotado em todas as praças do programa e influenciando na apresentação do "Esporte Espetacular", noticiário dominical da TV Globo. O apresentador também abriu espaço para os eSports no programa, desafiando atletas de futebol a jogar Fifa contra ele, videogame que Leifert também fazia as narrações na versão brasileira.

​Na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, o apresentador também elaborou o "Central da Copa". Tiago encabeçou o programa que foi ao ar todos os dias da competição, três vezes ao dia. O sucesso na TV e nas plataformas online foram mais um marco de seu estilo que já estava sendo cobiçado em outras áreas.

Dois anos depois, em 2012, mesmo que ainda trabalhando no "GloboEsporte SP", Tiago Leifert passou a apresentar o reality show "The Voice Brasil". A competição de cantores ganhou a presença do jornalista a pedido do produtor José Bonifácio de Oliveira, o Boninho. O apresentador ficaria no comando do noticiário esportivo até 2015, quando se mudaria quase inteiramente para o entretenimento do grupo Globo.

Seu único projeto esportivo passou a ser o "Zero1", programa de cultura pop da TV Globo que também tratava de eSports. A exibição que acontecia depois do "Altas Horas" no canal foi, com o tempo, transferida para um quadro no "Esporte Espetacular".

Desde então, Tiago Leifert participou das apresentações do "É de Casa", "The Voice Kids Brasil" e, a partir de 2017, passou a comandar o "Big Brother Brasil". O apresentador ocupou o lugar que foi durante 17 edições de Pedro Bial e, assim como fez com o "GloboEsporte", trouxe um novo estilo para o programa.

O reality vem sendo um dos assuntos favoritos dos esportistas nas redes sociais desde o ano passado e Tiago Leifert um dos tópicos mais comentados do programa.