Especialista em Inteligência Social: a relação entre esporte e bem estar

Vida e Tal
·1 minuto de leitura


Quando se fala de atletas de alto nível, recordistas mundiais, naturalmente se pensa em treinos pesados, resistência física e alta performance. E é correto pensar nisso. Mas será que é só a boa relação entre corpo e movimento que confere a essas pessoas posições de sucesso? O empresário Gustavo Gambit garante que não.

- Inteligência social é fundamental para aqueles que desejam chegar ao topo - afirma.

O entusiasta do assunto desde 2009, quando surgiu o desejo de ser menos “travado” com as mulheres, Gustavo Gambit atrai hoje milhares de pessoas interessadas em melhorar a comunicação interpessoal e, como ele afirma, “mudar de vida”.

- A Inteligência Social é a habilidade de entender e de reagir ao meio social em que estamos inseridos, e, a partir disso, gerar e extrair o melhor em um relacionamento - explica.

Para ele, desenvolver essa habilidade pode trazer benefícios além do campo social.

- Basta analisar a pessoa mais seguida do mundo, Cristiano Ronaldo, um dos atletas mais bem pagos da atualidade, e ver como seu carisma e sua personalidade forte o levaram a angariar tantos fãs, mídia e publicidade. Além disso, sua forma de lidar com os adversários, sua mentalidade forte e segura, tudo isso representa alto nível de inteligência social - detalha.

Ainda segundo Gustavo Gambit, que recentemente lançou seu primeiro e-book “Os 3 pilares da maestria social”, a ciência tem mostrado como a Inteligência Social tem trazido impactos à saúde:

- Não existe verdadeira saúde sem saúde física, mental, energética e etc. Deste modo, desenvolver a inteligência social para melhorar a forma de se relacionar faz com que o corpo produza mais a sensação de bem-estar. O contrário também acontece. A ciência mostra que muitas doenças estão ligadas aos sentimentos ruins que muitas vezes cultivamos.