Espanha x Alemanha: 5 motivos para acreditar que este pode ser o melhor jogo da 1ª fase

O domingo reserva aquele que, ao menos no papel, é tido como o principal jogo da fase de grupos da Copa do Catar. Espanha e Alemanha se enfrentam, às 16h, num duelo repleto de ingredientes que podem fazer dele não só o mais badalado como também o melhor desta primeira etapa do Mundial. Vale vaga nas oitavas, há risco de eliminação de um gigante, além do apelo dos astros em campo. O GLOBO lista, abaixo, os atrativos do confronto.

Esperança: Lesão de Neymar 'cede' e dá esperança de volta contra Camarões

Tabela da Copa do Catar 2022: Acompanhe os resultados de todos os jogos e a classificação

Novo show?

Nenhuma seleção deixou impressão tão boa na primeira rodada quanto a Espanha. Apesar da fragilidade da Costa Rica, os espanhóis fizeram muito bem sua parte. Com um 7 a 0, aplicaram a sétima maior goleada da história das Copas e apresentaram um cartão de apresentação que os colocou como fortes candidatos ao título. Elevaram tanto a expectativa sobre si mesmos que o público agora aguarda para saber se serão capazes de repetir o baile contra a Alemanha.

Vingança

A verdade é que nem faz tanto tempo que os espanhóis bailaram sobre os alemães. Em 2020, pela fase de grupos da Liga das Nações, impuseram um 6 a 0 sobre os tetracampeões do mundo. Foi a maior goleada a favor da Fúria no confronto. O jogo deste domingo será o primeiro depois do atropelo. Sede de vingança é o que não deve faltar aos germânicos. Resta saber se eles terão futebol para isso.

Veja lista: Sem hat-trick, Copa tem sete jogadores que marcaram dois gols em um jogo

'Impossível de acreditar': Natural do Espírito Santo, Richarlison presta solidariedade após ataque a escolas em Aracruz

Desespero

Mesmo que não devolva o chocolate, a Alemanha precisa da vitória. Depois da derrota por 2 a 1 para o Japão, a corda no pescoço dos jogadores apertou. O time pode ser eliminado neste domingo. É o que ocorrerá em caso de derrota para a Espanha e de vitória ou empate do Japão contra a Costa Rica. Seria a segunda edição seguida em que os germânicos caem na fase de grupos. Por isso mesmo, tensão é o que não vai faltar a esta partida.

Bola de Cristal da Copa do Mundo: Ferramenta preditiva do GLOBO fornece as chances de cada seleção

Recorde: Público do jogo entre Argentina e México é o maior em Copas desde a final de 1994

1º choque de campeãs

Será o primeiro confronto de campeãs do mundo na Copa do Catar. E não são poucas taças em jogo: cinco ao total (quatro da Alemanha, vencedora em 1954, 1974, 1990 e 2014, e um da Espanha, ganhadora em 2010). Numa edição marcada por tantos empates (principalmente os sem gols), é um atrativo e tanto.

Festival de estrelas

O público poderá ver alguns dos jogadores mais badalados do futebol mundial se enfrentando. Do lado alemão, o brilho já começa no gol, defendido pelo multicampeão Manuel Neuer, considerado por muitos o maior goleiro em atividade. A dupla do Bayern de Munique Joshua Kimmich e Thomas Müller também é uma atração. O primeiro é atualmente o principal articulador da equipe. O segundo é o maior goleador de Copas em atividade (10 marcados) e presente em todas as conquistas recentes tanto da seleção quanto de seu clube.

Entre os espanhóis, os jovens são o maior destaque. Gavi e Pedri, ambos do Barcelona, chegaram ao Catar candidatos a revelação da Copa. O segundo, inclusive, é o atual detentor do prêmio de melhor jogador sub-21 da Europa.