Espanha vence Croácia na prorrogação em jogo de 8 gols na Eurocopa

·2 minuto de leitura
Mikel Oyarzabal comemora gol marcado na vitória da Espanha sobre a Croácia na Euro

COPENHAGUE (Reuters) - O atacante espanhol Álvaro Morata teve uma doce redenção ao ajudar sua equipe a alcançar uma vitória por 5 x 3 sobre a Croácia, na prorrogação, nesta segunda-feira, para chegar às quartas de final da Euro, em uma partida emocionante.

A Espanha saiu atrás no primeiro tempo com gol contra de Pedri, após recuo de bola que contou com um erro incrível do goleiro Unai Simon, mas parecia estar a caminho de uma vitória confortável com gols de Pablo Sarabia, Cesar Azpilicueta e Ferran Torres.

No entanto, a Croácia conseguiu uma recuperação impensável com gols de Mislav Orsic aos 40 minutos da segunda etapa e Mario Pasalic nos acréscimos para forçar o período extra.

A Espanha mostrou força mental e venceu graças a um lindo gol de Morata aos 10 minutos da prorrogação e outro de Mikel Oyarzabal três minutos depois.

Com o resultado, a Espanha comemorou a primeira vitória em mata-mata de um grande torneio desde a conquista da Euro 2012 para definir as quartas de final contra França ou Suíça, em São Petersburgo, na sexta-feira.

A seleção da Croácia vai para casa de cabeça erguida, mas ainda à espera de vencer um mata-mata em Eurocopa.

Morata vinha sendo o centro das atenções na campanha da Espanha na Euro em meio a atuações inconsistentes e críticas de seus próprios torcedores.

Sua esposa e filhos foram ameaçados por torcedores em Sevilha e ele se queixou de enfrentar ameaças de morte antes do jogo, o que levou o técnico Luis Enrique a pedir uma ação policial.

Morata foi acusado de mostrar pouca disposição em campo, mas demonstrou liderança quando a confiança da Espanha poderia estar abalada, ao controlar um cruzamento de Dani Olmo com um pé antes de chutar forte no alto da rede com o outro.

O goleiro Simon também compensou o erro do primeiro tempo fazendo uma excelente defesa para frustrar Andrej Kramaric no início da prorrogação.

O reserva Oyarzabal marcou momentos depois para aumentar a vantagem da Espanha, desta vez sem recuperação da Croácia.

(Reportagem de Michael Kahn)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos