Espanha reduz em € 2 milhões a multa de Cristiano Ronaldo por fraude

AFP
(16 jul) Torcedor do Juventus exibe uma imagem de Cristiano Ronaldo no estádio Alliance de Turim
(16 jul) Torcedor do Juventus exibe uma imagem de Cristiano Ronaldo no estádio Alliance de Turim

A Agência Tributária espanhola reduziu em dois milhões de euros a multa de € 18,8 milhões contra o jogador português Cristiano Ronaldo para encerrar um processo por fraude fiscal, informa o jornal El Mundo.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O fisco espanhol e os advogados de CR7 alcançaram o acordo para concluir o processo contra o atleta de 33 anos, contratado recentemente pela Juventus, acusado de ter ocultado o recebia como pagamento por direito de imagem enquanto jogador do Real Madrid.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O acordo também incluía uma condenação de dois anos de prisão que não será executada, algo comum na lei espanhola nas penas de até dois anos decretadas por crimes não violentos a pessoas sem antecedentes.

De acordo com o jornal El Mundo, que teve acesso a documentos do processo, as autoridades fiscais que o português pagou no ano passado quase dois milhões de euros a mais por direitos de imagem que havia vendido em 2014.

Isto significa que terá que pagar 16,7 milhões de euros, dos quais já desembolsou 13,4 milhões, segundo a publicação.

O ministério da Fazenda se recusou a comentar a notícia para a AFP.

Leia mais:
Como chegam os 5 maiores times da Premier League
Proposta do Cruzeiro faz Palmeiras acelerar compra de Zé Rafael
Guerrero, um péssimo investimento no Flamengo

Leia também