Espanha e Itália vencem e briga pela liderança do grupo continua acirrada

Jogando em casa, no El Molinón, em Gijón, a Espanha conseguiu vencer Israel com facilidade e com a ajuda do goleiro Marciano, que foi mal em todos os gols da partida, e se manteve na liderança do grupo G. O placar final da partida desta sexta-feira, válida pela quinta rodada das Eliminatórias Europeias, foi 4 a 1.

Com o resultado, La Fúria chegou a 13 pontos e se manteve com a primeira posição, à frente da Itália, por causa dos critérios de desempate. Além disso, a seleção espanhola conseguiu afastar Israel, que permanece com nove pontos na terceira colocação, da briga pela vaga na Copa do Mundo. É importante ressaltar que apenas a primeira seleção de cada grupo garante vaga no Mundial e os times que ficarem na segunda colocação vão para a repescagem.

O jogo

A equipe de Julen Lopetegui jogou melhor a primeira etapa, contudo os israelenses assustaram em jogadas que aproveitaram o fato dos espanhóis adiantaram a sua defesa. Logo aos seis minutos, Zahavi deu um drible da vaca em Piqué e arrancou com o campo aberto, entretanto ele demorou para finalizar e o zagueiro do Barcelona se recuperou para bloquear o chute.

A Espanha abriu o placar aos 13 minutos. Jordi Alba estava com a bola no lado esquerdo do campo e viu o meia David Silva infiltrar na área. O lateral enfiou a bola e o jogador do Manchester City chutou cruzado para marcar primeiro gol da Espanha.

Após o time da casa perder uma boa oportunidade de ampliar o placar, Zahavi assustou chutando, de fora da área, ao lado do gol. Em outro lance, depois de duas boas chances dos mandantes, a seleção do Oriente Médio puxou uma contra-ataque muito rapidamente pela esquerda e Zahavi cruzou na cabeça de Rafaelov, que forçou De Gea fazer uma grande defesa.

Já nos acréscimos, o segundo gol da seleção espanhola saiu. Thiago passou para Vitolo, que infiltrou a grande área pelo lado direito e chutou cruzado. O goleiro Marciano foi mal no lance, não conseguiu o arremate que saiu fraco, protagonizando um belo frango, e o jogo ficou em 2 a 0.

La Roja voltou com o mesmo ritmo para o segundo tempo e ampliou a vantagem aos seis minutos. Thiago cobrou o escanteio, o goleiro israelense saiu mal do gol e Diego Costa cabeceou bem para marcar o terceiro gol espanhol.

O time israelense conseguiu reduzir a diferença aos 31 minutos. Gershon cabeceou na trave e a bola sobrou para o atacante Lior Rafaelov, que chutou muito bem, sem chances para o goleiro De Gea.

No apagar das luzes, a Espanha marcou um golaço. Isco roubou a bola no meio de campo e rolou para Diego Costa arrancar. Após receber a bola, Aspa toca para Isco, que corta, saindo do lado esquerdo do campo, para dentro da área e finaliza no canto do gol.

Itália vence Albânia e continua na segunda colocação

Jogando no estádio Renzo Barbera, em Palermo, a seleção italiana venceu a Albânia por 2 a 0, nesta sexta-feira, em jogo válido pela quinta rodada do Grupo G das Eliminatórias Europeias. Com o resultado, a Itália foi a 13 pontos e continua na vice-liderança pelos critérios de desempate, enquanto os albaneses permanecem com seis pontos na quarta colocação.

A Albânia começou bem o primeiro tempo, mas, após assustar nos cinco minutos iniciais, a Itália teve um pênalti e abriu o placar. Em cobrança de falta de Candreva, Belotti foi derrubado Basha dentro da área e o pênalti foi marcado. De Rossi foi o responsável pela cobrança e mandou a bola na bochecha lado esquerdo do gol, indefensável para o goleiro. Aos 11 minutos a partida estava 1 a 0.

A Azzurra foi impondo o seu jogo aos poucos e, aos 17 minutos, o goleiro Zapata defendeu o cruzamento de Candreva que iria para Zappacosta, que marcaria o gol. Já aos 18 minutos, Candreva bateu o escanteio e achou De Rossi, que mandou por cima do travessão.

A partida foi interrompida aos 12 minutos da segunda etapa após torcedores da Albânia jogarem sinalizadores e bombas, gerando muita fumaça e dificultando a visão dos atletas, principalmente do goleiro Buffon.

Quando a bola voltou a rolar, os italianos conseguiram ampliar o placar. Insigne cobrou a falta e a bola parou na barreira. Zappacosta pegou a sobre e cruzou na medida para Immobile, que cabeceou muito bem e balançou as redes do gol defendido por Strakosha.

 

Confira os resultados da rodada:

Georgia 1 x 3 Sérvia

Turquia 2 x 0 Finlândia

Áustria 2 x 0 Moldávia

Croácia 1 x 0 Ucrânia

Irlanda 0 x 0 País de Gales

Kosovo 1 x 2 Islândia

Liechtenstein 0 x 3 Macedônia