Espanha atropela Costa Rica (7-0) em sua estreia na Copa do Mundo

A Espanha atropelou a Costa Rica com uma goleada por 7 a 0 nesta quarta-feira, na estreia das duas equipes na Copa do Mundo do Catar, em jogo válido pelo Grupo E, no estádio Al-Thumama, em Doha.

Os gols espanhóis foram marcados por Dani Olmo (11), Marco Asensio (21), Ferran Torres (31 e 53), Gavi (73), Carlos Soler (89) e Álvaro Morata (90+1).

A Espanha é líder da chave empatada em pontos com o Japão, que mais cedo derrotou por 2 a 1 a Alemanha, próxima adversária da 'Roja' no domingo.

Os jogadores do técnico Luis Enrique acabaram com uma maldição de três Mundiais sem vitória da seleção espanhola na estreia, num jogo em que dominaram a Costa Rica do início ao fim.

Liderado pelo goleiro Keylor Navas, o time costa-riquenho não foi páreo para a intensidade do jogo espanhol.

Logo aos cinco minutos, a Espanha mostrou suas credenciais com um passe em profundidade de Pedri para Dani Olmo, que bateu cruzado e quase abriu o placar. Logo depois, uma finalização de Marco Asensio passou perto da trave de Navas, em jogada que começou com novo passe de Pedri.

O jovem meia do Barcelona e seu companheiro Gavi foram os maestros do time espanhol, com passes precisos em busca do jogador mais bem colocado.

- Olmo abre o placar -

Gavi se encarregou de lançar uma bola por cima da defesa que Dani Olmo dominou e tocou na saída do goleiro costa-riquenho para fazer 1 a 0 (11).

O atacante do RB Leipzig marcava assim o gol de número 100 da Espanha em Copas, pouco antes de Asensio abrir 2 a 0 (21), aproveitando cruzamento de Jordi Alba pela esquerda.

Dez minutos depois, Óscar Duarte derrubou Alba na área e o juiz marcou pênalti, que Ferran Torres converteu para dar maior tranquilidade à 'Roja'.

Atrás no placar, a Costa Rica subiu suas linhas para tentar pressionar a saída dos espanhóis, que àquela altura da partida tinham 80% da posse de bola.

Na volta do intervalo, o técnico Luis Fernando Suárez colocou o time costa-riquenho para jogar no campo da Espanha, que rapidamente retomou o controle do jogo.

- Costa Rica vai à lona -

A Costa Rica mal conseguia sair jogando, condenada a recorrer a chutões e sem dar trabalho para o goleiro Unai Simón, que não sofreu nenhum chute na direção do gol em toda a partida.

Asensio, que nesta quarta-feira ocupou a posição de Álvaro Morata no ataque espanhol, teve a chance de marcar o quarto em um chute por cima (49), antes do segundo gol de Ferran Torres.

O jogador do Barcelona entrou na área entre dois zagueiros e o goleiro para chutar fazer 4 a 0 (53), gol que deixava o jogo totalmente decidido.

Já pensando no jogo contra a Alemanha, o técnico Luis Enrique começou a mexer na equipe para dar descanso a alguns jogadores e promoveu a estreia do jovem Alejandro Balde, que entrou no lugar de Jordi Alba (64).

Álvaro Morata, que substitui Ferran Torres (57), levantou bola na área para Gavi bater de primeira e marcar o quinto, antes de Carlos Soler (89) e o próprio Morata (90+1) fecharem a goleada.

Aos 18 anos, Gavi estreou no Catar como o terceiro jogador mais jovem a balançar as redes em uma Copa do Mundo, atrás de Pelé e do mexicano Manuel Rosas.

gr/psr/cb