Escudero analisa início no Vasco e espera volta por cima no Brasileirão

Anunciado como presente de Natal pelo Vasco, Escudero viveu altos e baixos neste início de sua passagem e ainda está em dívida dentro de campo. Em um balanço dos primeiros quatro meses no clube, em que começou como titular e depois foi para o banco, o meia argentino admite que ainda não rendeu o esperado. No entanto, ele evita ficar se lamentando e acredita que ainda pode mostrar o seu melhor futebol e a equipe crescer na temporada.

- Sigo com uma expectativa muito boa para este ano com a camisa do Vasco. Não adianta você ficar lamentando o que passou, é preciso focar no que vem pela frente. Estamos cientes que não tivemos um início de temporada que queríamos, e nem individualmente eu consegui render o que eu posso e estou acostumado - disse o meia.

Por conta disso, Escudero já pensa no Brasileirão, que começa para o Cruz-Maltino no dia 14 de maio, em partida contra o Palmeiras, fora de casa. Segundo ele, a competição nacional é uma ótima oportunidade para ele e o time darem a volta por cima na temporada.

- Temos um Brasileiro inteiro pela frente para dar a volta por cima. E é com esse pensamento que estamos trabalhando neste período sem jogos - completou.

O argentino minimiza a pressão por conta das eliminações na Copa do Brasil e no Carioca neste início de temporada alegando que isso é normal em clubes grandes e os jogadores estão acostumados. De acordo com o meia, é preciso dedicação e união de todo o grupo para o Vasco ir bem no Brasileirão.

- Todos aqui estão acostumados com pressão. O futebol é assim quando se joga em time grande. O que precisamos é deixar tudo ali dentro do campo. E é isso que está acontecendo no nosso dia-a-dia. Todos com um único objetivo: dar o seu melhor para termos um Vasco muito competitivo na principal competição que temos na temporada, que é o Brasileiro - comentou Escudero, que está indo para o seu quinto Campeonato Brasileiro.

- É uma competição muito boa de jogar. São times de bom nível, em estádios em boas condições. Uma competição que é preciso ter equilíbrio para alcançar regularidade ao longo dos 38 jogos - analisou.

Anunciado na madrugada do dia 25 de dezembro pelo Vasco, Escudero já disputou 13 partidas pelo clube, sendo oito como titular. Pelo Cruz-Maltino, o meia argentino fez um gol e deu uma assistência.













E MAIS: