Escuderia de F1 Racing Point vai mudar de nome para Aston Martin em 2021

AFP
(Arquivo) Carro de Lance Stroll (Racing Point), durante os testes de Silverstone
(Arquivo) Carro de Lance Stroll (Racing Point), durante os testes de Silverstone

A escuderia de Fórmula 1 Racing Point vai mudar de nome para Aston Martin a partir da temporada 2021, depois que seu proprietário, o canadense Lawrence Stroll, passar a integrar o capital da famosa montadora inglesa de veículos esportivos.

A operação financeira, anunciada oficialmente nesta sexta-feira, fará com que um consórcio liderado por Stroll adquira 20% do capital da Aston Martin, a fabricante dos carros preferidos de James Bond.

A mudança é parte de uma operação financeira iniciada pela Aston Martin para captar 500 milhões de libras (quase 600 milhões de euros) e superar suas dificuldades econômicas.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também