Escalação do São Paulo: com retorno de poupados, Ceni deve manter base montada para clássico com Palmeiras

Rogério Ceni durante treino do Tricolor (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)


O técnico Rogério Ceni não deverá fazer mudança profundas na equipe do São Paulo para o clássico deste domingo (22) contra o Palmeiras, fora de casa, pelo Campeonato Paulista. Alguns atletas poupados pelo treinador na vitória de virada por 2 a 1 sobre a Ferroviária deverão voltar ao time titular. São os casos de Arboleda, Rafinha e Rodrigo Nestor. Desses, os dois últimos entraram em campo no interior no decorrer da partida. O equatoriano nem sequer viajou.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

E falando em equatoriano, Mendez , que fez sua estreia pelo clube em Araraquara (SP) e agradou - foi eleito o melhor do jogo -, deverá ser mantido nos 11 iniciais no lugar de Pablo Maia, que cumpre suspensão após ser expulso na quinta.

Quem deve ocupar a outra vaga do meio-campo é justamente Nestor.

Há uma dúvida no ar sobre a manutenção de Luciano na equipe. Atuando como um ponta de lança, o jogador não vem agradando à torcida e pode perder o lugar para duas opções que aparecem como alternativas após jogarem bem na quinta: Galoppo e Pedrinho.

No ataque, David, outro reforço que estreou no interior, deve ser mantido. Wellington Rato, um dos melhores são-paulinos do ano até aqui, cada vez mais de torna intocável ao lado de Calleri.

Entre os desfalques, além de Pablo Maia nenhum contundido foi liberado pelo departamento médico. Alisson, ausente na quinta por problemas pessoais, segundo o clube, deverá ser ausência de novo.

O provável São Paulo para enfrentar o Palmeiras vem com Rafael; Rafinha (Igor Vinícius), Ferraresi, Arboleda e Welington; Mendez e Nestor; David, Luciano (Galoppo ou Pedrinho), Calleri e Wellington Rato.

O Tricolor folgou na última sexta-feira (20) e fez seu único treinamento específico para o Choque-Rei neste sábado (21), no CT da Barra Funda. A equipe é a líder do Grupo A do Paulistão, com quatro pontos.