Erling Haaland está dividido entre Barcelona e Real Madrid, revela emissora

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Apesar da diretoria do Borussia Dortmund se manter taxativa ao comentar o futuro de Erling Haaland - o posicionamento oficial do clube é de que não há pressa para negociar o camisa 9 -, a situação em torno do jovem norueguês já parece transcender o controle do próprio clube alemão: altamente badalado no mercado e alvo de gigantes do Velho Continente, Haaland deve trocar de clube neste verão, não à toa seu empresário, Mino Raiola, já está em contato intenso com os representantes de alguns dos principais clubes da Europa.

Em entrevista concedida recentemente, o 'superagente' Mino Raiola revelou que apenas dez clubes do futebol mundial têm condições de comprar o camisa 9. Destes, dois parecem estar no topo das prioridades do centroavante: de acordo com a apuração do canal catalão 'Esport3', Haaland quer jogar em LaLiga e está dividido entre Barcelona e Real Madrid.

Haaland motiva um verdadeiro 'cabo de guerra' na Europa | Filip Filipovic/Getty Images
Haaland motiva um verdadeiro 'cabo de guerra' na Europa | Filip Filipovic/Getty Images

Apesar do aparente desejo do atleta em atuar na Espanha, ainda é cedo para descartar os interessados da Premier League, principalmente o Manchester City, clube com o qual o norueguês já demonstrou se identificar desde os seus tempos de infância. Financeiramente, a Inglaterra é o mercado mais forte do momento, o que coloca Real e principalmente Barcelona em certa desvantagem.

De qualquer forma, qualquer clube que pretenda assinar com Haaland já sabe que terá de colocar 150 milhões de euros na mesa e mais 40 milhões de euros de comissão para Raiola e para o pai do jogador. Definitivamente, uma negociação que não sairá barato a quem sonha com o camisa 9 mais promissor dos últimos tempos.