Eriksen vai precisar de desfibrilador cardíaco implantável

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Jogadores dinamarqueses e paramédicos retiram Christian Eriksen do gramado após parada cardíaca durante partida da Eurocopa contra a Finlândia em 12 de junho em Copenhague
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O jogador dinamarquês Christian Eriksen, vítima de uma parada cardíaca no sábado na partida contra a Finlândia pela Eurocopa, precisará da implantação de desfibrilador cardíaco, anunciou nesta quinta-feira a Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU).

 "Após vários exames cardíacos em Christian foi decidido que ele deve usar um cardioversor desfibrilador implantável, conhecido como CDI", afirmou a DBU em um comunicado.

Leia também:

 "Este aparelho é acionado após uma crise cardíaca por problemas no ritmo do coração", completa a nota.

 A federação não apresenta nenhuma informação sobre as consequências do uso do desfibrilador para a carreira do jogador de 29 anos, da Inter de Milão.

 A decisão, tomada pelos especialistas do hospital dinamarquês em que Eriksen está internado desde sábado, "foi aceita" pelo jogador e "confirmada por especialistas nacionais e internacionais que recomendaram o mesmo tratamento", destacou a federação.

 Outros jogadores, como o dinamarquês Daley Blind, conseguiram prosseguir com a carreira depois da implantação do aparelho, que permite controlar e regular o ritmo cardíaco.

 O anúncio de que Eriksen terá que passar por uma cirurgia para implantar o desfibrilador foi feito poucas horas antes da partida entre Dinamarca e Bélgica, durante a qual o público homenageará o camisa 10 dinamarquês aos 10 minutos de jogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos