Equador vence Catar por 2 a 0 no jogo de abertura da Copa do Mundo

O Equador começou a Copa do Mundo da melhor maneira, com uma vitória neste domingo por 2 a 0 sobre os anfitriões do Catar, no estádio Al-Bayt, no jogo de abertura do torneio.

O atacante Enner Valencia marcou os dois gols dos equatorianos ainda no primeiro tempo, deixando encaminhada a vitória da equipe, que pouco foi ameaçada pela seleção catari.

Antes de abrir o placar, Valencia tinha balançado as redes numa das primeiras jogadas de perigo da partida, mas o lance foi anulado por impedimento após revisão do VAR.

Com os três gols que marcou em 2014, o atacante equatoriano acumula cinco gols em Mundiais, exatamente os cinco de seu país na história da competição.

Valencia foi substituído aos 30 minutos do segundo tempo mancando levemente e aclamado pelos torcedores presentes no estádio.

"Sofri uma leve pancada no joelho e no tornozelo. Os médicos vão me avaliar para ver o que tenho. Espero estar pronto e continuar ajudando minha equipe nesta Copa do Mundo", contou o jogador.

O Equador esfriou assim a festa do Catar, que pouco antes tinha inaugurado o torneio com uma cerimônia de abertura que contou com o ator americano Morgan Freeman como narrador e que agora se transforma no primeiro país anfitrião a começar o Mundial perdendo o primeiro jogo.

A seleção equatoriana parte como líder do Grupo A, à espera do duelo entre Holanda e Senegal, que fecham a primeira rodada na segunda-feira.

O Catar, em sua estreia em Copas do Mundo, terá que reagir nos próximos jogos se não quiser seguir os passos da África do Sul, que em 2010 foi o único anfitrião a ser eliminado na fase de grupos.

A vitória é um bom presságio para o Equador, já que a única vez que o time venceu um jogo de estreia no Mundial foi em 2006 (2 a 0 sobre a Polônia), ano de sua melhor campanha no torneio, quando chegou às oitavas de final.

- Início arrasador -

Depois do 'caso Byron Castillo', que durante um tempo colocou em dúvida a presença da seleção equatoriana no Catar, o time comandada pelo técnico Gustavo Alfaro demonstrou desde o início do jogo que chegava ao Mundial com grandes pretensões em sua quarta participação.

Os jogadores do Equador comemoraram logo aos três minutos um gol de cabeça de Valencia, que foi anulado com o auxílio da tecnologia do impedimento semiautomático.

Os torcedores cataris festejaram com aplausos e alívio, mas a alegria durou apenas dez minutos, até que o próprio Valencia converteu um pênalti sofrido por ele mesmo.

O Equador controlava tranquilamente a partida, dominando um adversário que não sabia como reagir e que ficou em situação ainda pior depois do segundo gol, marcado aos 31 minutos de jogo, de novo com o atacante do Fenerbahçe.

O Catar teve sua melhor chance pouco antes do intervalo, aos 48, quando Almoez Ali cabeceou para fora e assustou o goleiro Hernán Galíndez.

No segundo tempo, ao longo do qual boa parte dos torcedores locais foi abandonando as arquibancadas, Romario Ibarra quase fez o terceiro dos equatorianos, mas seu chute foi espalmado pelo goleiro Saad Al Sheeb.

O time do Catar tentava sem sucesso diminuir a vantagem para voltar para o jogo.

O zagueiro de origem portuguesa e cabo-verdiana Pedro Miguel tentou com um chute desviado de cabeça aos 17 minutos.

Akram Afif chutou por cima aos 30, justo antes de o Equador decidir trocar Enner Valencia. Aos 41, Mohammed Muntari mandou para fora mais uma tentativa de gol da seleção da casa.

"Começamos de maneira confusa e cometemos erros que afetaram o desenvolvimento do jogo. Devemos aprender com esses erros", analisou depois da derrota o atacante catari Almoez Ali.

Com o resultado, o goleiro equatoriano Galíndez termina seu sétimo jogo seguido sem ter que buscar a bola no fundo das redes.

"Viemos com a mentalidade de fazer algo grande, continuaremos trabalhando com a mesma humildade, passo a passo. Agora é descansar e pensar no próximo objetivo, contra a Holanda", declarou depois da partida o equatoriano Romario Ibarra.

O Equador tem agora pela frente o maior desafio da fase de grupos, contra a Holanda na sexta-feira, enquanto o Catar tentará se manter com chances de classificação no mesmo dia contra Senegal.

-- Classificação do Grupo A da Copa do Mundo Catar-2022:

-- Domingo:

Catar - Equador 0 - 2

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Equador 3 1 1 0 0 2 0 2

2. Senegal 0 0 0 0 0 0 0 0

. Holanda 0 0 0 0 0 0 0 0

4. Catar 0 1 0 0 1 0 2 -2

dr/iga/cb