Equador desiste de levar Byron Castillo à Copa por temer "sanções injustas"

O Equador retirou Byron Castillo de sua lista de convocados para a Copa do Mundo do Catar-2022 devido ao risco de ser submetido a "sanções injustas", disse nesta terça-feira o órgão máximo do futebol equatoriano, que já sofre do TAS a perda de três pontos na próxima eliminatória sul-americana.

"Dado o risco de sofrer sanções injustas novamente, a Federação Equatoriana de Futebol (FEF) é obrigada a não incluir o jogador Byron Castillo Segura na lista final que foi apresentada à Fifa", explicou a organização em um comunicado.

Além disso descreveu como "arbitrária" e "sem base legal" a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), que também aplicou uma multa em dinheiro à FEF.

A Federação argumentou que o caso foi avaliado por juízes equatorianos, "que em quatro oportunidades deram razão ao jogador, e são as únicas autoridades competentes em nosso país para dirimir esta controvérsia”.

As federações do Chile e do Peru denunciaram Castillo primeiro perante a Fifa e depois perante o TAS, a quem apontam de ser colombiano.

A Fifa decidiu duas vezes a favor do Equador, mas o TAS considerou que a FEF usou "um documento que continha informações falsas" (passaporte de Castillo).

No entanto, o Tribunal acrescentou que o jogador “estava apto para participar na fase preliminar de classificação” para a Copa do Catar-2022, uma vez que reconhece que a nacionalidade de um jogador "é determinada pela legislação nacional".

A FEF avaliou que esta resolução "semeia ilegitimamente uma dúvida quanto ao conteúdo" do passaporte de Castillo, o que "poderia comprometer não só o desempenho da seleção neste Mundial, como até mesmo comprometer sua participação na próxima edição".

A "Tricolor", comandada pelo argentino Gustavo Alfaro, viajou nesta terça-feira para sua quarta Copa do Mundo, no Catar, para começar a concentração para o jogo de abertura, no dia 20 de novembro, em que enfrentará o anfitrião do Mundial.

Castillo, que disputou oito partidas pelas eliminatórias, postou uma foto da seleção equatoriana nos 'stories' de seu Instagram nesta terça.

"Vamos com fé. Aposto tudo em vocês. Meu sonho não acaba aqui, sigo de pé e firme contra tudo", escreveu o lateral.

O Equador está no Grupo A da Copa do Mundo, junto com Catar, Holanda e Senegal.

pld/ol/aam