Após episódio de indisciplina, Bahia e Renato Cajá rescindem contrato

O meia Renato Cajá não é mais jogador do Bahia. Após o jogador se recusar a entrar em campo na última quarta-feira, em jogo contra o Fortaleza, pela Copa do Nordeste, o Tricolor confirmou a rescisão de contrato do atleta. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo diretor de futebol do clube, Diego Cerri, em participação no Programa do Esquadrão, veiculado na rádio do clube.

Segundo o dirigente, a rescisão foi feita em comum acordo com o jogador, que tinha contrato com o válido até o fim de 2017.

“Tivemos uma reunião na parte da tarde entre a diretoria e o atleta. Ficou definido em comum acordo que o Renato Cajá não integrará mais a equipe. A decisão culminou com o problema da última partida, quando ele foi chamado para entrar em campo e, de cabeça quente, recusou. Aqui nós presamos pelo ambiente e pela disciplina. Não se trata de um atleta mau caráter. Ele acabou perdendo espaço na equipe. Infelizmente tivemos este desfecho, mas foi o melhor para ambas as partes”, declarou o dirigente.

O episódio de indisciplina aconteceu no segundo tempo do duelo diante do Fortaleza, pela Copa do Nordeste, na última quarta-feira. Após realizar aquecimento, Renato Cajá foi chamado pelo técnico Guto Ferreira para entrar campo. O meia, no entanto, se recusou a entrar. Na entrevista coletiva após o jogo, o treinador afirmou que o assunto seria resolvido internamente. O comandante inclusive recebeu publicamente o apoio do presidente Marcelo Sant’Ana, que afirmou que os jogadores têm que entrar “quando o técnico quiser”.

Com a rescisão de contrato, Renato Cajá, que chegou ao Bahia para a disputa da Série B de 2016, deixa o clube menos de um ano após ter se juntado à equipe. O meia, que fez parte do elenco que conquistou o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, encerra sua passagem com 40 jogos disputados e quatro gols marcados.

Confira a nota oficial publicada pelo Bahia sobre a rescisão de contrato com Renato Cajá:

O Esporte Clube Bahia comunica à Nação Tricolor que o meia Renato Cajá não faz mais parte do elenco azul, vermelho e branco. As partes acertaram a rescisão do contrato do atleta, que se encerraria em dezembro, na noite desta sexta-feira, em comum acordo.

Cajá chegou ao Esquadrão no dia 29 de abril de 2016. Em 40 jogos, marcou 4 gols.

O Bahia agradece os serviços prestados e deseja boa sorte no prosseguimento de sua carreira.