Vasco da Gama rescinde com Jorge Henrique

Disposto a reduzir parte de seu elenco para conseguir ainda mais fôlego na busca por reforços, a diretoria do Vasco rescindiu o contrato do atacante Jorge Henrique. O jogador não vinha sendo aproveitado pelo técnico Cristóvão Borges e também não estava nos planos de Milton Mendes. Com isso, um acordo foi proposto, e o atleta, que já vinha trabalhando em separado desde a pré-temporada, concordou.

Jorge Henrique foi contratado pelo Vasco em 2015 a pedido do técnico Jorginho, com quem foi mais aproveitado, inclusive como coringa, atuando em várias posições, de lateral a volante, incluindo zagueiro. Com o comandante, marcou dois gols muito importantes. O primeiro, logo em sua estreia, quando fez o único gol da vitória de 1 a 0 sobre o Flamengo nas oitavas de final da Copa do Brasil. Em seguida, fez o único gol do triunfo sobre o Botafogo na primeira partida da decisão do Campeonato Carioca de 2016.

Ao todo Jorge Henrique disputou 70 partidas com a camisa do Vasco, marcando quatro gols. O jogador, inclusive, já estaria negociando com uma equipe do futebol paulista para a sequência da temporada.

Jorge Henrique chegou ao Vasco em 2015, mas perdeu espaço nos últimos meses

A saída de Jorge Henrique e do zagueiro Luan, que está sendo negociado com o Palmeiras, vai reduzir consideravelmente a folha salarial do Vasco. Porém, somente para o segundo haverá reposição em um primeiro momento, com o clube trabalhando com o nome do zagueiro Anderson Martins, que foi campeão da Copa do Brasil de 2011 pelo Cruz-Maltino, com quem criou identificação. O atleta atualmente está com 29 anos e defende as cores do Al Jaish, do Catar.

Dentro de campo o elenco segue se preparando para o clássico contra o Flamengo no próximo sábado, às 18h30(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pelas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Valorizando a competição, o Cruz-Maltino avisou que não pretende preservar seus titulares. Nos últimos treinos da semana, Milton Mendes vai confirmar o time que pretende utilizar. Ele, porém, não poderá contar com o atacante Luis Fabiano, que foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) por conta de sua expulsão no empate por 2 a 2 com o Flamengo na semana passada. O departamento jurídico vascaíno vai recorrer da decisão.