Entrevista rasa de Abel Ferreira era tudo que o torcedor do Palmeiras não queria após vexame

·1 minuto de leitura

A eliminação vexatória ainda na terceira fase da Copa do Brasil, após derrota para o CRB nas penalidades em pleno Allianz Parque, abalou as estruturas e os bastidores de um clube que esteve no topo do futebol sul-americano em 2020. Mas muito além dos memes e provocações de arquirrivais - naturais pelo surpreendente resultado negativo -, o que mais irritou o torcedor do Palmeiras na noite da última quarta-feira (9) foi a falta de respostas e a estratégica pouco honrosa de protagonistas alviverdes em culpabilizarem as "contingências" pela queda.

Em entrevista coletiva concedida após o duelo, o treinador Abel Ferreira citou "Deus" e o destino na tentativa de explicar o que havia ocorrido no Allianz Parque: "Nosso adversário teve duas finalizações e fez um gol, nós tivemos 34 e não fizemos nenhum (...) Para mim, pênalti é competência e também um bocadinho de sorte. Hoje, não tivemos essa felicidade, e temos que aceitar o que Deus nos deu hoje. Hoje, Deus entendeu que a sorte não devia estar conosco", disse.

Abel Ferreira não foi bem em coletiva pós-jogo | Pool/Getty Images
Abel Ferreira não foi bem em coletiva pós-jogo | Pool/Getty Images

Sabemos que os poucos minutos entre o apito final e a coletiva de imprensa não permitem uma maior reflexão sobre os fatos da partida, mas declarações tão rasas e genéricas como essa, que passam muito longe de dar conta dos reais problemas da performance de uma equipe, frustram o torcedor. O "destino" não explica a concentração criativa do jogo alviverde em Scarpa - que não deveria estar tão sobrecarregado em um elenco tão rico e vasto em alternativas -, assim como não explica a má pontaria dos homens de frente do Palmeiras.

O Verdão enfrenta seu momento mais turbulento e irregular dentro das quatro linhas, entregando atuações muito abaixo de seu verdadeiro potencial e daquilo que já mostrou com este mesmo grupo de jogadores. É hora de buscar soluções efetivas e respostas reais para esta queda tão drástica de desempenho e efetividade, antes que a temporada 2021 se transforme em um pesadelo para um dos principais favoritos aos grandes títulos do calendário. Um deles já foi por água abaixo.