Entre Covid-19 e lesionados, Fortaleza acumula 12 desfalques para enfrentar o Sport

Futebol Latino
·1 minuto de leitura


Se nos últimos ano o torcedor do Fortaleza se acostumou a acumular glórias e momentos de expectativas positivas, agora o momento da equipe é de buscar novamente o caminho das vitórias. Mesmo que isso signifique superar um considerável número de desfalques como é o caso da partida dessa quarta-feira (6) diante do Sport na Ilha do Retiro.

>Confira e simule a tabela do Brasileirão

Ao todo, o treinador Marcelo Chamusca não terá 12 integrantes à disposição sendo que, em 10 casos, a ausência deve durar também nas próximas rodadas.

Isso porque, no início da semana, o clube se pronunciou por meio da nota oficial apontando que 10 resultados positivos em testes de Covid-19 foram detectados, agregando que os atletas estão sendo devidamente monitorados pelo departamento médico além de um infectologista. Os nomes não foram revelados.

Além dos casos citados, o zagueiro Jackson está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e o goleiro Walef passou por uma artroscopia no joelho direito e só deve retornar entre o fim de janeiro e o início do mês de fevereiro.

Nesse momento, a equipe do técnico Marcelo Chamusca está em 14° com 31 pontos ganhos e, diante da sequência negativa de cinco rodadas sem ganhar, viu a zona de rebaixamento ficar a apenas três unidades de distância.