Entrada em campo de Deyverson antes do gol de Dudu gera questionamento se foi ou não legal

·1 minuto de leitura


O gol do Palmeiras, marcado por Dudu, que classificou o Verdão para a final da Libertadores, ao eliminar o Atlético-MG no empate por 1 a 1, , causou um questionamento se foi legal ou não, pois houve uma invasão de campo do atacante palmeirense Deyverson com a jogada ainda em andamento. A comentarista de arbitragem do SBT, Nadine Basttos, levantou a hipótese durante a transmissão do jogo.

O atacante do time paulista estava no banco de reserva e chegou a estar no campo d ejogo com a jogada em andamento. Veja no vídeo abaixo. ⠀

-O Deyverson já está dentro de campo, o que é uma invasão de alguém que está relacionado. No texto da regra diz que não poderia ter um jogador a mais ou que o técnico não poderia estar em campo, a regra diz que é tiro livre indireto-disse Nadin, que em seguida afirmou que o gol poderia sim ser anulado, mas deixou em aberto a interpretação sobre a regularidade ou não do lance.

-Textualmente o gol seria anulado. Mas será que isso teria interferência no jogo? Seria justo anular um gol por essa invasão? Ele invade realmente bem antes de a bola entrar. Isso está sendo questionado, é algo que tem que ser discutido- completou.⠀

O que diz a regra?⠀

Se fosse seguida à risca, o gol de Dudu teria de ser anulado pelo que diz o regulamento do futebol. Confira abaixo o que diz o texto.

Gol marcado com pessoa extra no campo de jogo Se, após a marcação de um gol e antes de o jogo ser reiniciado, o árbitro perceber que uma pessoa extra se encontrava dentro do campo no momento em que o gol foi marcado: O árbitro deve invalidar o gol

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos