Entenda por que o 1º gol do Equador na Copa foi anulado

Telão do Estádio El Bayt mostra o resultado da checagem de vídeo: impedimento (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)
Telão do Estádio El Bayt mostra o resultado da checagem de vídeo: impedimento (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro gol da Copa do Mundo, na partida entre Catar e Equador, foi rápido, logo aos 3min, e teve bela comemoração de Valencia com os jogadores, mas não valeu. No primeiro replay ninguém viu irregularidade, nem o comentarista de arbitragem Sálvio Spínola, que acompanhava a transmissão na Globo.

No lance, o lateral Estúpiñán cobra uma falta da intermediária em direção à segunda trave. O goleiro sai mal na disputa da bola com o zagueiro Torres, a bola sobra para Estrada que toca de cabeça de volta para Torres; este joga a bola na área e Valencia marca.

Leia também:

Todos os olhos miravam a disputa entre o goleiro Al Sheeb e Torres, mas era Estrada, correndo por trás, que foi detectado com meia perna à frente. Quando ele volta a disputar o lance e toca na bola, ficou configurado o impedimento.

O lance rápido causou confusão e rendeu vários memes nas redes sociais, insinuando em tom bem humorado que achariam um impedimento para não prejudicar o Catar, seleção da casa.

Alguns momentos depois a transmissão trouxe a imagem em 3D que apontou metade da perna de Estrada, o camisa 11, à frente.

Para sorte do Equador, o lance não fez falta. O mesmo Valencia marcou mais dois gols e foi o destaque na vitória por 2 a 0 contra o time da casa.