Entenda por que Khabib segue fora dos ringues e recusou mais de R$ 500 milhões para lutar com Mayweather

·2 minuto de leitura


Khabib Nurmagomedov, lutador aposentado desde o outubro de 2020, vive constantemente com a pressão para voltar aos ringues. Após perda do pai, morto por complicações da Covid-19, o ex-UFC diz não sentir mais vontade de exercer o esporte. Além disso, segue à risca a promessa feita à sua mãe para seguir aposentado. Nesse sentido, nem mesmo a oferta milionária de R$ 500 milhões convenceu Khabib a enfrentar o pugilista Floyd Mayweather.
+ Confira a classificação dos grupos da Libertadores!

Até mesmo Dana White, presidente do UFC, já tentou por vezes mudar a decisão do russo, mas sem resultado.

O empresário de Khabib, Ali Abdelaziz, revelou os bastidores das decisões do russo. Em entrevista ao programa "Hotboxin’ with Mike Tyson", ele conta que o ex-UFC teria recusado propostas para duelar contra George St-Pierre, além da quantia oferecida para encarar Mayweather.

- Duas semanas atrás, ou dez dias atrás, Dana White me ligou. Ele disse: ‘Georges St Pierre falou que luta com Khabib em um combate sem ser pelo título no 74,8kg’. De alguma maneira, nós estávamos esperando por Georges. Eu gosto do Georges, ele é meu amigo. Esperamos por ele há uns quatro ou cinco anos. ‘Estou voltando. Não estou voltando’. Agora, ‘GSP’ disse: ‘Ei, Khabib está aposentado. Eu estou aposentado. Que tal voltar e lutar contra o Khabib agora? - começou o empresário.

- Khabib recebeu uma oferta de 100 milhões de dólares (cerca de R$ 533 milhões) depois que se aposentou para encarar o Floyd Mayweather. Você pode perguntar ao Floyd, pode perguntar para qualquer um. Khabib disse: "Não, estou aposentado. Eu falei para minha mãe que estou aposentado. Vou manter minha palavra. Se minha mãe disser para eu lutar de novo, talvez eu lute. Mas, agora, ela me disse para não lutar" - completou.

Aos 29 anos, Khabib ostenta uma legião de fãs ao redor do mundo. Considerado um dos maiores lutadores de todos os tempos do UFC, ele disputou 29 lutas e triunfou em todas, inclusive contra Conor Mc Gregor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos