Entenda o que pesou no Flamengo para o acerto com Paulo Sousa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Paulo Sousa vai comandar o Flamengo na próxima temporada (Foto: Reprodução/Instagram)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Depois de uma semana em Portugal, o Flamengo definiu o nome que treinará o time pelos próximos dois anos: Paulo Sousa. Marcos Braz e Bruno Spindel, VP de futebol e diretor da pasta, respectivamente, encaminharam o acordo com o novo comandante, que, agora, acertará a sua rescisão com a seleção polonesa. Como o Rubro-Negro viveu dias movimentados, inclusive com notícias em que envolviam a volta de Jorge Jesus, o LANCE! mostra o que pesou para o acerto.

> Thiago Maia, do Flamengo, distribui brinquedos para crianças em Boa Vista

INDEFINIÇÃO DA "NOVELA JESUS"

Marcos Braz e Bruno Spindel nunca esconderam o desejo de ter Jorge Jesus de volta no Flamengo. No dia 21 de dezembro, vale lembrar, o VP disse, em entrevista ao jornal "O Jogo", de Portugal, que se houver chances, quer e tentará contratar o Mister.

A situação, num primeiro momento, parecia que teria um desfecho positivo ao Flamengo. A confirmação de que Jesus e os dirigentes do Fla se reuniram dois dias antes de um clássico importante contra o Porto, pela Taça de Portugal, aumentaram a pressão sobre o treinador no Benfica.

Após a derrota - e a consequente eliminação da competição - os adeptos perderam ainda mais a paciência com o Mister, mas ele se manteve no cargo. Nesse sentido, como a "novela Jorge Jesus" se arrastou nos últimos dias, o Flamengo, então, foi atrás de Paulo Sousa, que ainda interessava ao Internacional.

VONTADE DE AMBOS OS LADOS

Outro ponto importante era de que o desejo pelo negócio era recíproco. Durante a primeira entrevista que os dirigentes do Flamengo tiveram com Paulo Sousa, o treinador reiterou o desejo de trabalhar no futebol brasileiro, algo que é, até então, inédito em sua carreira.

Já o Rubro-Negro também pode confirmar as boas impressões sobre o treinador. Assim, Paulo Sousa se tornou um dos candidatos favoritos a assumir o cargo em 2022.

RESCISÃO COM A POLÔNIA

Inclusive, um ponto que mostra como Paulo Sousa está interessado em trabalhar no Flamengo é o fato de que ele cuidará da multa rescisória com a seleção da Polônia, conforme informou primeiramente o jornalista Venê Casagrande. Dessa forma, o treinador desembolsará 300 mil euros, o que dá mais de R$ 1.9 milhão, na cotação atual. A informação do valor foi dada primeiramente pelo jornal "Goal".

RELAÇÃO COM O PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO

Conforme o LANCE! ouviu, Cezary Kulesza, presidente da Federação Polonesa de Futebol, desde que chegou, deixou claro a Paulo Sousa que ele não era seu treinador. Isso pode ser ilustrado em uma entrevista em que Kulesza concedeu ao jornal "Interia", da Polônia, após uma derrota da seleção para a Hungria por 2 a 1, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

- Em primeiro lugar, o selecionador tinha direito às suas decisões. Ele também tinha o direito de correr o risco, embora já saibamos que não valeu a pena. Em primeiro lugar, jogámos mal e, em segundo lugar, com a derrota para a Hungria, dificultamos muito o nosso caminho para o Mundial. Mas não vamos desistir. Devemos continuar a lutar. Afinal, estamos jogando nos play-offs e é nisso que precisamos concentrar agora. (...) Já disse muitas vezes: o treinador tem um objetivo claro. Esse objetivo é classificar-se para o Mundial. E ainda não perdemos as nossas oportunidades de qualificação. É um momento difícil, mas devemos concentrar-nos apenas nos jogos do play-off.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos