Enderson Moreira, sobre pontuação do Botafogo fora de casa: 'A gente tinha a expectativa de fazer mais'

·2 minuto de leitura


O desempenho do Botafogo fora de casa na Série B do Brasileirão não é bom. Ao fim do primeiro turno, o time de General Severiano tem a quinta pior campanha da competição como visitante. Assim, após o empate com o Guarani por 1 a 1, no Brinco de Ouro, o técnico Enderson Moreira lamentou esse desempenho da equipe até aqui, mas lembrou que o calendário apertado recente dificulta o grupo.

> ATUAÇÕES: Navarro e Oyama são os destaques do Botafogo em empate

- Conversamos muito sobre isso. Comigo são três jogos e nós fizemos quatro pontos. É claro que a gente tinha a expectativa de fazer mais fora de casa, mas a gente tem jogos extremamente difíceis, é uma sequência muito curta, três jogos em seis dias com duas viagens. Não estou dando desculpas, mas isso dificulta. Hoje os atletas tiveram que tirar forças para poder competir, correr... Nesse sentido, estou muito orgulhoso deles, eles deram uma prova de superação - disse o treinador.

> Veja a tabela da Série B

O treinador também analisou a partida do Botafogo. De acordo com ele, o time teve boas oportunidades, mas tomou algumas decisões erradas. Enderson ainda destacou que existia uma "ansiedade natural", já que, com uma vitória, o Glorioso dormira no G4 da Série B.

- Eu acho que a gente teve uma boas oportunidades na construção de algumas situações de transição. Tomamos algumas situações equivocados, forçamos muito o jogo por dentro. O penúltimo passe foi equivocado, faz parte. Sabíamos da dificuldade do jogo, tinha uma ansiedade natural para entrar no G4, mas eu sei que teremos jogos extremamente difíceis. Não vamos conseguir vencer tudo, mas pelo menos vamos levar um ponto para casa.

Enderson Moreira também foi questionando sobre Cesinha, que chegou para integrar o sub-20, mas ganhou espaço entre os titulares na reta final da temporada passada, e Juninho, que é cria da base alvinegra. O técnico garantiu que eles podem jogar e voltou a destacar que, pelo calendário apertado, havia uma preocupação em relação ao desempenho da equipe.

- Claro que esses atletas (Juninho e Cesinha) podem participar, são jogadores do clube. A gente fez algumas opções dentro daquilo que estávamos vivenciando. Tínhamos muita preocupação com esse jogo. Além da questão do adversário, também pelo fato de ter feito o terceiro jogo em seis dias.

- Fomos para Ponta Grossa em um campo pesado, depois contra o Brasil e viemos para cá praticamente sem treinar. Só pensamos em recuperar. Tinha muita dúvida em como seria o nosso desempenho em cima de todo o desgaste. Tecnicamente não fizemos um jogo tão qualificado como podemos fazer, mas muito em virtude dessa sequência.

Na caça ao G4, o Botafogo volta a campo no próximo domingo, no Estádio Nilton Santos, às 11h, contra o Vila Nova. A partida é válida pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos