Enderson admite que pediu desculpas ao elenco do Botafogo após briga com árbitro: 'Não consegui me conter'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Um sério desentendimento entre Enderson Moreira e o quarto árbitro marcou a vitória do Botafogo sobre o Confiança, neste sábado, pela 14ª rodada da Série B do Brasileirão. O técnico do Alvinegro, após ser expulso, chamou o profissional de 'despreparado' e foi retirado do campo.

+ Veja a tabela da Série B

Em entrevista coletiva após a partida, Enderson, de cabeça mais fria, admitiu que a decisão não foi das mais corretas e se explicou aos atletas do Botafogo.

- Conversei com os atletas, realmente foi uma atitude que eu não deveria ter feito. A gente está nessa responsabilidade e quer ganhar sempre. O que eu posso falar é que não houve nenhum tipo de desrespeito com ninguém, foi uma cobrança, mas é uma conduta que não faz parte daquilo que eu penso, pedi desculpas para os atletas e tem o prejuízo - afirmou.

Desta forma, Enderson não poderá estar à beira do campo na partida contra o CSA, na próxima terça-feira, em jogo atrasado da 6ª rodada da Série B do Brasileirão, no Estádio Nilton Santos.

- Temos o Luís Fernando (Flores) e o Lúcio Flávio, que são auxiliares extremamente competentes. São situações que precisamos evitar, precisamos de mais equilíbrio emocional, hoje não consegui me conter. Peço desculpa para os atletas e para a torcida, não foi a estreia que eu desejaria. Não adianta ficar criando uma situação maior do é, já foi feito - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos