Empresas brasileiras são listadas como "mais inovadoras" do Fórum Econômico Mundial

Yahoo Finanças
A Cargo X foi uma das duas empresas brasileiras citadas na lista das pioneiras do Fórum Econômico Mundial em 2020 (Foto: Karol Serewis/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
A Cargo X foi uma das duas empresas brasileiras citadas na lista das pioneiras do Fórum Econômico Mundial em 2020 (Foto: Karol Serewis/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

Duas empresas brasileiras apareceram na disputada lista, organizada pelo Fórum Econômico Mundial, com as 100 empresas mais pioneiras de tecnologia no mundo. Em anos anteriores, algumas das maiores empresas de tecnologia, como Google e Twitter, já foram citadas nessa mesma lista – o que explica o peso de figurar no ranking. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Nesse ano, as duas empresas brasileiras escolhidas foram a Descomplica, do setor educativo, e a Cargo X, uma espécie de Uber das transportadoras, que conecta cargas a motoristas e transportadoras. A Cargo X acaba de anunciar também um aporte de investimentos no valor de R$ 15 milhões, da Pattac Empreendimentos. 

As duas brasileiras estão entre as quatro empresas da América Latina a figurar no ranking do Fórum Econômico Mundial em 2020. 

A Descomplica possui uma base de cerca de 5 milhões de estudantes mensais, que se beneficiam de sua plataforma digital com vídeo-aulas e exercícios pedagógicos. É uma das empresas de tecnologia que vêm utilizando a internet e dispositivos móveis para inovar no campo da educação e da produção de conhecimento. 

A lista do Fórum Econômico Mundial destaca iniciativas pioneiras que auxiliam seus países a solucionar grandes problemas por meio da tecnologia, seja na educação, saúde, meio-ambiente ou transporte. Soluções relacionadas à resposta ao COVID-19 também foram destaque na seleção deste ano. 

Agora, as empresas escolhidas devem participar de eventos especiais do Fórum, com o intuito de promover o diálogo entre entidades interessadas em fazer negócios e conectar as soluções dessas empresas a possíveis consumidores delas.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também