Empresa de Piqué se beneficia de milhões com Supercopa da Espanha na Arábia Saudita, revela jornal

·1 min de leitura
Piqué se beneficiou com realização da Supercopa da Espanha na Arábia Saudita (Foto: PAU BARRENA / AFP)


Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona, se beneficiou da realização da Supercopa da Espanha na Arábia Saudita. O "El Confidencial" revelou áudios entre o defensor e Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola de Futebol, sobre o acordo.

O jogador blaugrana, através da empresa Kosmos, recebeu 24 milhões de euros (R$122 milhões) das autoridades de Riad, mas sua participação no contrato foi ocultada. A instituição cobrou 4 milhões de euros (R$ 20,3 milhões) pela garantia das seis primeiras edições do torneio na Arábia Saudita.

> Veja a tabela da La Liga

No entanto, antes da competição ser disputada no mundo árabe, Piqué e Rubiales negociavam para que o torneio acontecesse no Camp Nou. No entanto, o acordo não avançou e desde 2019 a Supercopa vem acontecendo na Arábia Saudita.

A Federação Espanhola de Futebol afirmou estar tranquila com a situação e disse que as informações não trazer nenhuma novidade em relação ao que foi acordado e publicado em 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos