Empresa dona de helicóptero de Kobe Bryant interrompe operações

Kobe e Gianna foram homenageados por amigos, família e fãs (Reprodução: Instagram Lakers)
Kobe e Gianna foram homenageados por amigos, família e fãs (Reprodução: Instagram Lakers)


A empresa dona do helicóptero que caiu e vitimou Kobe Bryant e mais oito pessoas no último domingo, na cidade de Calabasas, anunciou que interrompeu as operações por tempo indeterminado em comunicado oficial.

- O choque pelo acidente afetou todo nosso estafe, e a diretoria decidiu que o serviço deve ser suspenso por um tempo, uma medida apropriada tanto para nosso estafe como para clientes - disse a Island Express Helicopters em comunicado.

Na quarta-feira, o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA (NTSB) afirmou que a aeronave não possuía sistema de prevenção e aviso de terreno (TAWS), que poderia ser usado para evitar choques, não possuía um gravador de dados de voo (FDR), também conhecida popularmente como caixa preta, ou sequer um gravador de voz de cockpit (CVR).

As últimas informações vindas da região de Calabasas, na Califórnia, dizem que o corpo das nove pessoas envolvidas no acidente foram recuperados e que 'os investigadores estão ativamente trabalhando e identificando os mortos. Fora isso, exames estão acontecendo'.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também