Empresa brasileira faz gramado para jogo da NFL no estádio Azteca

Estádio Azteca será palco de partida da NFL entre Kansas City Chiefs e Los Angeles Chargers (Foto: Divulgação)
Estádio Azteca será palco de partida da NFL entre Kansas City Chiefs e Los Angeles Chargers (Foto: Divulgação)


A World Sports foi contratada como consultora técnica de um dos estádios mais importantes do mundo, o Azteca, na Cidade do México, e realizou a montagem do novo gramado para o jogo da NFL, que vai acontecer na noite desta segunda-feira (18), entre Kansas City Chiefs e Los Angeles Chargers.

A empresa brasileira foi escolhida pela liga profissional de futebol americano pela expertise no mercado. Presente há cinco anos nos estados da Califórnia, Flórida e Nevada, nos Estados Unidos, também esteve nos gramados de 9 dos 14 estádios da Copa do Mundo realizada no Brasil, em 2014, e também nos Jogos Olímpicos de 2016.

A escolha pela World Sports para a reforma de todo o campo do estádio Azteca, que já foi palco de duas finais de Copa do Mundo (1970 e 1986), se deu em função das péssimas condições apresentadas no final de 2018. Em novembro do ano passado, o jogo entre Kansas City Chiefs e Los Angeles Rams, que deveria ter sido disputado na Cidade do México, foi transferido para Los Angeles devido às condições ruins da grama naquele momento.




A implantação do novo gramado no Azteca começou em março deste ano, em uma área anexa ao próprio estádio, com produção de cerca de 9 mil m² de grama. Todo o planejamento de execução foi desenvolvido e supervisionado pela World Sports, desde a elaboração estratégica do projeto até a substituição do gramado, passando por uma reforma completa que inclui instalação de sistemas modernos de drenagem, irrigação e base do campo (Topsoil).

- São estádios que empregam tecnologias de ponta e, para nós, foi um orgulho imenso ter sido escolhido para reformar o gramado de um dos principais estádios do mundo. É uma empresa brasileira atuando como consultora técnica do Azteca, com supervisão da construção, instalação e manutenção de seu novo campo de grama natural - explica Breno Rodrigo Couto, um dos sócios-diretores da World Sports, ao lado de Renato Lauretti e Roberto Gomide.

Com desempenho de sucesso durante o Mundial de 2014 e Olimpíadas de 2016 realizados no Brasil, a empresa conta com mais de 20 anos de experiência na elaboração de projetos e construção de campos esportivos no país, não apenas de grama natural, mas também de sintético. Foi, por exemplo, a primeira empresa brasileira a instalar um gramado artificial padrão FIFA 2 estrelas, que é o maior padrão de qualidade existente hoje no mercado.

A World Sports também se diferencia pela tecnologia implantada não apenas durante a montagem, mas também em manutenção, utilizando o que existe de mais moderno em equipamentos, metodologia construtiva e equipe altamente qualificada.

- Atender uma das principais ligas do mundo é mais uma concretização da expansão dos nossos objetivos como empresa. Temos tentado contribuir com o crescimento do mercado norte-americano como um todo. O Renato Lauretti, por exemplo, está há 16 anos no país. O Gomide, há cinco. O esporte nos Estados Unidos é de excelência, e a World Sports tem contribuído para esse impulso, com inovação e o que existe de melhor no mercado de grama, com material e mão de obra com qualidade - completa Breno.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também