Empresário aprova ida de Edson Barboza para os penas: "Abre muitas oportunidades para ele"

Na última quarta-feira (1), foi notificado que Edson Barboza abandonaria a divisão peso-leve (70 kg) e agora atuaria no peso-pena (66 kg). E essa decisão foi aprovada e vista com bons olhos pelo seu empresário, Alex Davis. De acordo com o manager, o atleta tupiniquim vai abrir um leque de oportunidades na nova categoria.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Davis pegou o exemplo de José Aldo, que recentemente desceu dos penas para o peso-galo (61 kg) e conseguiu uma boa performance. Para o empresário, Edson vai ter facilidade em se manter no limite de peso da categoria e está empolgado com o desafio.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Desde que ele se sinta bem, a mudança para o peso-pena abre muitas oportunidades para ele. Sou realmente mais fã de ver caras aumentarem de peso do que diminuírem. Mas no caso de Edson, ele realmente tem mais dificuldade em permanecer pesado do que em perder peso. Eu acho que do jeito que ele está na divisão dos leves, faz sentido para ele tentar ir para os penas. Acho que depois do que (José) Aldo fez, eu pessoalmente não achei que Aldo ficaria bem, mas ele provou que eu estava errado. Acho que há muitas ótimas lutas para ele. Toda a equipe, os treinadores, acham que ele vai ficar bem. E ele está muito, muito animado”, disse, antes de ressaltar que o brasileiro tem boa perspectiva de grandes duelos nos penas.

“Por seu nome, carreira e legado, a ida para os penas dá uma oportunidade para um novo começo. Nós gostamos de todas as lutas nessa divisão. Não vamos escolher adversários. Quem quer que eles nos digam, vamos lutar”, completou o empresário.

Na carreira, Edson Barboza tem 20 vitórias, sendo 14 delas no UFC, e oito derrotas. O último triunfo do atleta tupiniquim aconteceu em dezembro de 2018, quando nocauteou Dan Hooker. Na organização desde 2010, o brasileiro, vem de derrota para Paul Felder, em setembro de 2019.

Leia também