Emocionado, Edmundo fala sobre relação com Dinamite e rasga elogios ao ídolo do Vasco


Um dos ídolos do Vasco presentes no velório de Roberto Dinamite, Edmundo comentou sobre a sua relação com o lendário jogador cruz-maltino. Bastante comovido com o momento, o ex-jogador relembrou a importância do ex-presidente do clube em sua despedida da Colina - em 2008 - e do tamanho de Dinamite no futebol.

- Nossa relação sempre foi muito próxima e por motivos que eu desconheço acabei não tendo minha despedida pós carreira, mas, três anos depois, ele me proporcionou esse momento. Foi um dia lindo, sou eternamente grato à ele. Não só por isso. Mas por ter convivido com ele, por ter estado com ele diversas vezes. Ter convivido com o Roberto foi a melhor coisa da minha vida - disse Edmundo, em entrevista.

+ A despedida de Roberto Dinamite: veja imagens do velório do ídolo do Vasco

Ao ser questionado sobre o tamanho dos ídolos dentro do Vasco, o ex-jogador recusou comparações com Dinamite.

- Nunca vou me comprar ao Roberto. Roberto é único. Roberto é eterno. Enfim, eu só fui um bom atleta, um bom jogador de futebol, só. Craque de verdade foi Roberto Dinamite - completou.

+ Junior exalta Roberto Dinamite durante velório: 'Exemplo, grande ídolo'

Além de Edmundo, Casimiro Miguel (influencer e torcedor), Jorge Salgado (presidente social do Vasco), Cláudio Adão, Carlos Germano, Tita, Ricardo Gomes e Júnior (ex-jogadores), Lédio Carmona e Fernanda Gentil (jornalistas), são algumas das personalidades presentes no velório. A bandeira do Cruz-Maltino cobre o ícone do clube na sua última passagem no local onde é o maior artilheiro.

+ Diretoria do Fluminense presta homenagem a Roberto Dinamite

O corpo de Roberto Dinamite, maior ídolo do Vasco, está sendo velado na manhã desta segunda-feira, em São Januário, ao lado da estátua feita em sua homenagem em 2022. Dinamite faleceu no último domingo, aos 68 anos. Ele travava uma batalha contra um câncer no intestino desde o fim do ano de 2021.

Os portões do estádio estão abertos, e os torcedores vascaínos passam por um cercado ao lado do caixão para deixar o último adeus ao ídolo do clube. Há uma grande comoção no local e muitos cruz-maltinos, bastante emocionados, direcionam palavras de carinho ao ex-jogador.