Emissora encerra contrato com liga francesa por conta do fim do campeonato local


A decisão do governo francês de encerrar a Ligue 1 prematuramente em virtude do coronavírus trouxe um prejuízo aos clubes. Nesta quinta-feria, o "Canal +", principal emissora de futebol no país, enviou uma carta à Liga Francesa de Futebol (LFP) informando o a rescisão do contrato da temporada 2019/20.

O canal ainda tinha cerca de 210 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão) para cumprir no contrato da temporada, mas a decisão de não permitir esportes coletivos no país até o fim de agosto fez com a o grupo encerrasse a parceria.

Desde a paralisação do futebol na França por conta da pandemia, em março, o "Canal +" havia informado que não pagaria a liga caso o futebol não fosse retomado no país. Com a decisão, os clubes não receberão o valor que lhes era destinado.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também