Emir do Qatar, que colocou capa especial em Messi na Copa do Mundo, viaja à Argentina

Messi não será homenageado pelo PSG por conta da conquista da Copa do Mundo (Foto: Paul ELLIS / AFP)


Tamim bin Hamad Al Thani, emir do Qatar, está em território argentino. Na última segunda-feira, o monarca e chefe de estado chegou à Argentina após passagem pelo Brasil desde o natal, no dia 25 de dezembro. Apesar do tempo que ficou em território tupiniquim, a relação com os hermanos é especial: das mãos dele, Lionel Messi recebeu o bisht, a veste mais tradicional dos trajes para membros das famílias reais dos países do Oriente Médio, e ergueu a taça da Copa do Mundo no Estádio Lusail, após vitória contra a França.

O motivo da visita aos países sul-americanos ainda não foi revelado. De acordo com o portal "Olé", o emir foi visto com o empresário argentino Gaston Gaudio, amigo por conta das relações com o PSG. Com fortuna avaliada em torno de R$ 10 bilhões, Tamim bin Hamad Al Thani fundou a "Qatar Sport Investments", grupo responsável por comprar o Paris Saint-Germain.

+ Veja curiosidades da trajetória de Pelé, o maior jogador da história

Ao lado de Gianni Infantino, presidente da Fifa, o emir do Qatar esteve no palco da cerimônia realizada para premiar os campeões da Copa do Mundo de 2022. A decisão ocorreu no Estádio Lusail, com a presença de quase 90 mil torcedores.

A Argentina se sagrou campeã na disputa por pênaltis. Nos 120 minutos de bola rolando, Messi guardou duas vezes e Di María completou para a Albiceleste, mas Mbappé fez o primeiro hattrick da história em uma final do torneio e levou a decisão para as penalidades. Com brilho do goleiro Emiliano Martínez e tranquilidade na conversão de cobranças, os hermanos venceram por 4 a 2, com pênalti final cobrado pelo lateral Montiel.

Após 36 anos, a Argentina conseguiu o tricampeonato mundial. Essa foi a primeira conquista de Messi, que agora possui um bisht, nas cinco edições de Copa que disputou - justamente, como afirmou em diversas entrevistas, a sua última com a camisa da seleção.