Emerson Sheik, sobre suposto racismo de torcedor do Grêmio: 'Deixa mofar na cadeia'

·1 min de leitura


As cenas de selvageria dentro da Arena do Grêmio, no último domingo, não ficaram reservadas somente à invasão de torcedores a campo. Nas arquibancadas, um vídeo veiculado nas redes sociais mostra um gremista supostamente imitando um macaco em direção à torcida do Palmeiras, localizada no anel superior do estádio. Sobre o possível caso de racismo, Emerson Sheik deu seu parecer no programa 'Arena SBT' de ontem.

O ex-jogador do Corinthians pediu a prisão do torcedor, que ainda não foi identificado.

- Identifica o cidadão e deixa ele mofar na cadeia, até para servir de exemplo. Ele tem certeza absoluta que nada vai acontecer com ele - disse Emerson Sheik.

+ Veja a posição do seu time no Brasileirão!

Além do comentarista do SBT, o apresentador Benjamin Back e o também ex-jogador Túlio Maravilha mostraram indignação. Benja ainda recorda o caso de racismo envolvendo torcedores do Grêmio contra Aranha, em 2014.

- De novo lá em Porto Alegre, os caras não aprendem, já teve aquela vez com o Aranha - disparou o apresentador.

- Lamentável, não adianta pandemia, morrer 600 mil pessoas, o cidadão não tem consciência, não. Faltam humanismo, inteligência, sabedoria, Deus no coração dessas pessoas - completou Túlio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos