Embalado pela Fiel, Corinthians tenta repetir série de vitórias em casa que não obtém desde o Brasileiro de 2017

·5 min de leitura


Embalado pela Fiel, que esteve presente em peso no estádio nos dois jogos anteriores que o Corinthians realizou em São Paulo, o Alvinegro recebe o Cuiabá neste sábado, às 21h, na Neo Química Arena, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, com a chance de repetir uma sequência de vitórias em casa que o time não obtém desde a edição de 2017 da competição. E isso ocorreu na campanha com a qual o clube conquistou seu último título nacional.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

Caso supere o clube do Mato Grosso, o Timão vai completar seis triunfos consecutivos como mandante. Na ocasião anterior em que atingiu este feito, a equipe iniciou uma grande arrancada rumo ao heptacampeonato brasileiro. Na época, então dirigidos pelo técnico Fábio Carille, os corintianos bateram Santos, São Paulo, Cruzeiro, Grêmio, Botafogo e Ponte Preta em Itaquera, entre junho e julho de 2017, para depois faturarem a taça com três rodadas de antecedência.

Nesta série de vitórias, o Corinthians marcou 12 gols, levou apenas dois e não foi vazado em cinco partidas. Só viu Cássio buscar a bola dentro de sua meta no triunfo por 3 a 2 sobre o Tricolor. E ao traçar um comparativo entre aquela façanha de quatro anos atrás e a sequência vitoriosa atual, o Timão também pode contabilizar apenas dois gols sofridos em seis jogos em casa. Isso se derrotar o Cuiabá sem ter suas redes balançadas por nenhuma vez pelo rival.

Nas últimas cinco partidas como mandante, a equipe comandada pelo técnico Sylvinho bateu o Palmeiras por 2 a 1, ainda sem o apoio da Fiel, que depois empurrou a equipe na Neo Química Arena nos triunfos sobre Bahia (3 a 1), Fluminense, Chapecoense e Fortaleza, estes todos superados por 1 a 0.

A realidade do atual Alvinegro, porém, é diferente da vivida pelo time de 2017. Se na época realizava uma incrível campanha rumo ao título, hoje tem a meta mais modesta de garantir seu lugar no G4, a zona de classificação direta à fase de grupos da Copa Libertadores. Após levar um 3 a 0 do Atlético-MG, na última quarta-feira, em Belo Horizonte, e ver o Galo se aproximar ainda mais da taça, o Corinthians estacionou nos 47 pontos e na sexta colocação do Brasileirão.

O Fortaleza e o Red Bull Bragantino, empatados com 49 pontos, ocupam os respectivos quarto e quinto lugares da tabela, mas o Timão não tem chance de entrar no G4 nesta 32ª rodada porque estes dois outros clubes se enfrentam em confronto direto justamente neste sábado. E a equipe cearense já tem duas vitórias a mais do que os corintianos (14 a 12) e a de Bragança Paulista possui um saldo (segundo critério de desempate) bem superior (10 a 3).

Porém, por causa deste embate entre os concorrentes, o Corinthians pode ultrapassar um deles, subir para o quinto lugar neste sábado e dar importante passo rumo ao G4. E para superar o Cuiabá, o Alvinegro aposta mais uma vez no apoio maciço de sua torcida, que ajudou a equipe a buscar vitórias sobre Chapecoense e Fortaleza com gols nos minutos finais nos dois duelos.

RENATO AUGUSTO EXALTA PESO DA FIEL PARA ÚLTIMAS VITÓRIAS

O fato foi exaltado por Renato Augusto na última sexta-feira, quando o jogador foi lembrado em um questionamento, durante entrevista coletiva, de que o time melhorou depois que ele foi recuado da posição de atacante para a de meio-campista, que é a sua de ofício. Nestes dois jogos, a equipe não engrenou no primeiro tempo depois de Sylvinho escalar o atleta como homem de frente.

- Vou usar como exemplo os últimos dois jogos. Tiveram alguns fatores, não só eu voltar para a minha posição. O Jô foi importante nos dois gols, foi um cara importante. Mas também o apoio que a torcida deu nos dois jogos foi incrível. Mesmo com a gente tendo dificuldade em conseguir o gol, continuou apoiando até o fim, coisa que não estamos vendo em outros times - ressaltou o meia.

Renato Augusto garantiu que não está se sentindo incomodado por vir sendo escalado como atacante nos últimos jogos, posição na qual também não teve sucesso na derrota para o Atlético-MG na quarta-feira. E o atleta ainda evitou ver o seu recuo para a função de meia como ponto altamente decisivo para o Timão melhorar o seu desempenho e obter as suas últimas duas vitórias.

- Seria muito cruel falar que é um ponto, acho que existem um conjunto de coisas. O Sylvinho acertou em algumas substituições e fez com que o time crescesse. A gente não pode ficar apontando o problema e dizer que é aqui e ali. Temos de melhorar em alguns aspectos, vamos sempre buscar isso, e com o apoio do torcedor em casa. O apoio deles foi até mais importante do que eu voltar para a minha posição - completou o experiente jogador de 33 anos.

FÁBIO SANTOS FORA, NOVA CHANCE PARA PITON

Para este duelo de sábado, Sylvinho não poderá contar com o lateral-esquerdo Fábio Santos, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Atlético-MG. Assim, Lucas Piton ganhará uma nova chance na equipe titular. Será a 16ª vez nesta temporada que o jogador iniciará uma partida entre os 11 escalados, sendo que participou de 18 confrontos do Timão no período. Já Fábio Santos, com 44 partidas - e 43 como titular -, ganhará um descanso por estar suspenso.

O meia-atacante Willian, em fase final de transição para o gramado após recuperação de uma lesão muscular na coxa esquerda, sofrida no dia 13 de outubro, contra o Fluminense, desfalcará o Corinthians de novo e completará um mês fora da equipe. Mas ele tem boa chance de ser relacionado para o confronto diante do Flamengo, na próxima quarta-feira, no Maracanã.

PRIMEIRO DUELO COM O CUIABÁ NA NEO QUÍMICA ARENA

Estreante na elite nacional, o Cuiabá jogará na Neo Química Arena contra o Corinthians pela primeira vez. O novíssimo clube, fundado em 12 de dezembro de 2001, enfrentou o Timão em apenas uma ocasião até hoje. Foi justamente no primeiro turno deste Brasileirão, na Arena Pantanal, onde os visitantes venceram por 2 a 1, com gols de Roni e Adson, pela 13ª rodada da competição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos