Embaixada chinesa critica Reuters por foto utilizada em matéria

·1 minuto de leitura
Foto de Zhihui Hou gerou críticas da embaixada chinesa (Foto: Yang Lei/Xinhua via Getty Images)
Foto de Zhihui Hou gerou críticas da embaixada chinesa (Foto: Yang Lei/Xinhua via Getty Images)

Ao conquistar a medalha de ouro, a chinesa Zhihui Hou não esperava que uma foto sua fosse gerar um debate. Mas, por conta da escolha da agência Reuters em representar a atleta, a embaixada chinesa resolveu se manifestar. 

A crítica surge porque a embaixada acredita que fotos melhores poderiam representar a conquista de Hou. Segundo a entidade, um dos problemas da foto é que foi utilizada com cunho político. Na imagem, Hou está fazendo muita força para levantar o peso.

Leia também:

"Dentre todas as fotos dos Jogos, a Reuters escolheu logo essa, o que mostra o quão feios eles são. Não coloquem ideologias e política acima dos esportes e se chamem de organização imparcial. Vergonhoso. Respeitem o espírito das Olimpíadas", escreveu a embaixada.

Hou, de 24 anos, quebrou o recorde tanto no snatch quanto no clean-and-jerk. Ela também bateu o recorde no total, levantando 210kg, três a menos do que o recorde dela. No momento, ela está aguardando o resultado do teste anti-doping. Caso seja pega, Hou perderá a medalha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos