Em voo fretado e de terno especial, Palmeiras viaja para o Mundial de Clubes

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


O Palmeiras embarcou, na noite desta terça (02), para o Qatar em busca do bicampeonato mundial. Em um voo fretado que suporta 5 vezes mais pessoas do que tem na delegação do Verdão, toda a estrutura foi montada para gerar conforto durante as mais de 15 horas de viagem entre São Paulo e Doha.

Os ônibus que conduziram o elenco e comissão campeões deixaram a Academia de Futebol por volta das 20h30 (de Brasília), com festa de torcedores em frente e também aplausos dos funcionários do clubes que foram convidados, cerca de 700 pessoas, para dar um último apoio ao grupo.

Pouco mais de meia hora depois, seguido por torcedores e batedores da polícia, os ônibus chegaram ao Aeroporto Internacional de Guarulhos recebidos com uma festa muito bonita, com muitos sinalizadores, rojões, batuques e cânticos – respeitando a distância para com os jogadores, seguindo o protocolo sanitário.

A delegação do Verdão será bastante reduzida. Apenas a direção executiva, de futebol e dos demais setores envolvidos no dia a dia da comissão técnica, além dos atletas e núcleo de saúde, estão na viagem para o Qatar. Na final da Libertadores, sócios e torcedores foram convidados, mas a cena não se repetirá nesse torneio.

O Palmeiras desembarca em Doha no início da tarde nesta quarta-feira (03), descansa, e treina na quinta e sexta, além de fazer reconhecimento do gramado na sábado antes de estrear, no domingo, às 15h (de Brasília), contra Tigres-MEX ou Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul.