Em versão inédita de premiação, torcedores podem votar para melhor do mundo em 2021

·2 min de leitura


Pela primeira vez em 14 anos de história, o prêmio GOAL50 será definido pelos votos dos torcedores ao redor do mundo nesta edição 2021, na qual serão listados os melhores jogadores e jogadoras do mundo. Até então, a lista do GOAL50 era elaborada pelas centenas de jornalistas das 37 edições locais da Goal, que já foram responsáveis por eleger vencedores como Robert Lewandowski, Virgil van Dijk, Luka Modric, Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Wesley Sneijder. Clique aqui para votar!

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

Para este ano, os milhões de fãs espalhados pelo mundo têm a chance de dar sua voz e criar a primeira lista do GOAL50 feita por torcedores através de um aplicativo personalizado, montado especialmente para a ocasião. As equipes da Goal elaboraram duas listas de 50 jogadores e jogadoras, baseadas em seu desempenho ao longo de 2021. Agora, está nas mãos da torcida escolher os melhores do ano. Os leitores poderão dar seus votos entre 2 e 16 de novembro no site ou nos apps da Goal.

O sistema de votação do GOAL50, que se encerra no dia 16 de novembro, irá mostrar dois jogadores lado a lado e pedirá para que o usuário escolha qual deles foi melhor em 2021. Em seguida, serão mostrados novos 'duelos’, escolhidos aleatoriamente, para que os votos sejam dados. Todos os votos serão levados em conta na criação do ranking final do GOAL50, onde será revelada a opinião dos fãs para o debate de quem são os melhores jogadores do planeta.

+ Árbitro agredido reclama de punição ao atleta e mais do Fora de Campo!

A torcida será responsável pelos rankings tanto do futebol masculino quanto do feminino, além de terem acesso a mais informações sobre o desempenho de cada atleta caso precisem de mais uma ‘ajudinha’ no voto.

- Estamos muito empolgados em poder abrir o GOAL50 para o torcedor, é como encarar o desconhecido. Os grandes prêmios individuais de futebol seguem narrativas já bem conhecidas, mas desta vez nós honestamente não sabemos o que irá acontecer - disse Alex Chick, vice-presidente de Conteúdo da Goal.

- Posso tranquilamente imaginar alguém como Mo Salah encabeçando a lista de jogadores, ou mesmo um jovem superastro como Erling Haaland, ou quem sabe até alguém como N’Golo Kanté, que todos conhecem e adoram - acrescentou o executivo.

- Pelo lado das mulheres, Pernille Harder já venceu duas vezes o GOAL50, mas vai ter de encarar a concorrência do Barcelona campeão da tríplice coroa, ou mesmo de Sam Kerr, dentro de seu clube. No fim das contas, não importa o que eu ou qualquer pessoa da Goal pense. Agora, está nas mãos da torcida - completou Alex Chick.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos