Em um mês, Brenner sai de reserva do São Paulo para um dos artilheiros do futebol brasileiro em 2020

André Schmidt
·2 minuto de leitura


Se no início de outubro alguém dissesse que Brenner poderia terminar 2020 como um dos maiores artilheiros do futebol brasileiro, provavelmente não seria levado a sério. E com razão. Nos 15 jogos disputados pelo São Paulo no ano até então, o atacante havia sido titular em apenas três, marcando quatro gols. Porém, a fase mudou num espaço inferior a um mês.

No dia 7 de outubro, Brenner iniciou a partida contra o Atlético Goianiense e aproveitou a chance. Foram dois gols marcados na vitória tricolor por 3 a 0. O suficiente para ganhar a posição e emplacar uma sequência impressionante. Apesar de ter passado em branco contra Palmeiras e Grêmio, o jovem de 20 anos estufou as redes dez vezes nos últimos oito jogos. O mais recente anotado neste domingo, na goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo.


Para se ter uma ideia do tamanho do feito do camisa 30, basta olhar seus números gerais da carreira. Antes de outubro, Brenner tinha oito gols em 50 atuações como profissional por São Paulo e Fluminense desde 2017, quando estreou no time principal. Marca superada em menos de um mês.

Brenner, inclusive, agora aparece na lista dos maiores goleadores do futebol brasileiro entre os jogadores que disputam a Série A. Com 14 tentos na temporada, o atacante já deixou para trás nomes como Willian, do Palmeiras, e Keno, do Atlético Mineiro, entre outros.

ARTILHEIROS DO FUTEBOL BRASILEIRO EM 2020
- Apenas gols por equipes da Série A

1º - Thiago Galhardo - Internacional - 20 gols em 38 jogos
2º - Nenê - Fluminense - 19 gols em 36 jogos
3º - Pedro - Flamengo - 18 gols em 35 jogos
4º - Marinho - Santos - 17 gols em 24 jogos
5º - Cano - Vasco - 16 gols em 31 jogos
Gabigol - Flamengo - 16 gols em 25 jogos
7º - Bruno Henrique - Flamengo - 15 gols em 30 jogos
8º - Brenner - São Paulo - 14 gols em 23 jogos
Vinícius - Ceará - 14 gols em 40 jogos
Luiz Adriano - Palmeiras - 14 gols em 33 jogos