Em três meses de Fortaleza, Juninho Capixaba conquista segundo título pelo clube

·1 min de leitura
Lateral está no clube emprestado pelo Grêmio (Leonardo Moreira/Fortaleza EC)


A conquista do tetracampeonato Cearense teve uma importância adicional para o lateral-esquerdo Juninho Capixaba, sendo a sua segunda taça levantada em apenas três meses desde que chegou ao Fortaleza e a sétima na somatória de toda a carreira.

>Confira dez jogadores brasileiros que estão ficando livres no futebol europeu

Antes, o atleta de 24 anos de idade havia conquistado o Paulistão de 2018 (Corinthians), o Gaúcho em 2019 (Grêmio), a Copa do Nordeste de 2017 e o Baianão de 2020 (ambos pelo Bahia) bem como o Nordestão de 2020 vestindo as cores do Ceará.

Os números colocam o lateral como um dos nomes mais vitoriosos do elenco do Leão e reforçam tanto o caráter de felicidade do atleta em defender o clube do Pici como o desejo de fazer sua história na equipe ser ainda mais vitoriosa:

- Me sinto feliz vestindo a camisa do Fortaleza. Trabalhamos incansavelmente por essa conquista e resultado foi esse. Já são dois troféus em três meses aqui. Isso é fruto da minha dedicação e de meus colegas para que o trabalho que vem sendo feito leve o clube a alcançar seus objetivos. Agradeço a comissão técnica e direção por confiarem no meu futebol e quero seguir dando meu máximo para dar muitas alegrias a essa torcida apaixonada.

Juninho Capixaba atuou com a camisa do Fortaleza em 16 partidas, auxiliando com três assistências e tendo aproveitamento de 60,41% em campo. São oito vitórias, cinco empates e apenas três derrotas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos