Em sua última temporada, Mineirinho revela: 'Eu queria sair dessa prisão'

LANCE!
·2 minuto de leitura


O surfista profissional Mineirinho revelou, durante uma entrevista no programa "Conversa com Bial", que decidiu se aposentar do esporte para poder conviver mais tempo com sua família. O Campeão Mundial de 2015 disse querer "sair da prisão" da rotina do esporte profissional e que nunca praticou o surfe por lazer, mas sempre pesando no futuro e em torneios.

> Confira a classificação atualizada do Cariocão 2021 e simule os resultados

- Eu acho que vai ser muito difícil eu voltar a treinar [depois da aposentadoria], é mais ou menos como entrar num barco sem saber pra onde ir, sabe? Eu nunca pratiquei o surfe por lazer, por incrível que pareça. Eu sempre pratiquei pensando lá na frente, pensando num evento, pensando no meu desafio, a minha vida inteira foi pensando nisso "tô treinando hoje porque eu quero aplicar lá na prova" - explicou o surfista.

- Aos 14 anos eu venci um campeonato mundial no Rio de Janeiro com marmanjos de 30, 35. Com o prêmio, consegui tirar meus familiares da comunidade e colocar na praia. Automaticamente senti que poderia mudar não só a vida da família como a minha, agarrei com unhas e dentes - contou.

- Ao mesmo tempo, perdi a vida social, não tive uma adolescência como um garoto normal. Há mais de 20 anos tô nessa pegada, longe da minha família, onge da minha esposa. É uma vida bem sofrida, por isso rolou o burnout, querer sair, querer me libertar. Quando você chega num patamar que já foi campeão mundial, já venceu vários torneios, eu pensava "o que eu tô fazendo aqui?". Eu queria sair dessa prisão - concluiu Mineirinho.

O surfista está nas oitavas de final da etapa de Newcastle, na Austrália, do seu último Circuito Mundial de Surfe, competição que conquistou em 2015. Outros nomes do esporte brasileiro como Media, Ítalo e Felipe Toledo também estão na mesma fase do torneio.