Em situação delicada, Chile enfrenta a já eliminada Venezuela

Após derrota para a Argentina na última rodada, chilenos caíram para a sexta posição e precisam se recuperar para ficar entre os primeiros

Em duelo válido pela 14ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o Chile enfrenta a Venezuela no Estádio Monumental David Arellano, casa do Colo-Colo, em Santiago. A partida será nesta terça-feira, às 19h (de Brasília).

Os chilenos vivem situação delicada na competição, mas seguem sonhando com uma vaga direta no próximo Mundial. A equipe ocupa a sexta posição, com 20 pontos. O mesmo número do Equador, que está em quinto e conquistando uma vaga na repescagem. Já os venezuelanos estão na lanterna, com seis pontos e já eliminados.

Na última rodada, o Chile perdeu para a Argentina por 1 a 0 no Monumental de Núñez mesmo com um jogo ruim dos adversários. No entanto, a equipe de Juan Antonio Pizzi parou na falta de pontaria e de eficiência e não conseguiu reagir para empatar ou até vencer o duelo.

- Sempre me preparo para competir. Esperamos conquistar esses pontos e que isso nos permita voltar à zona de classificação. Devemos ter paciência no jogo e seguir insistindo - comentou Pizzi.

Já a Venezuela fez jogo disputado contra o Peru, abriu 2 a 0, mas levou o empate, encerrando matematicamente com qualquer chance de ir à Copa de 2018. Na lanterna, a equipe do técnico Rafael Dudamel venceu apenas um jogo em 13 jogados.

- Foi um empate que nos deixou chateados, mas com uma sensação de otimismo pelo futuro a curto, médio e longo prazo. Fomos uma equipe que soube competir, teve personalidade e caráter - analisou Dudamel.









E MAIS: