Em São Paulo, apenas 24% dos cidadãos são a favor de relaxar medidas de isolamento

Yahoo Notícias
Em São Paulo, mulher faz compras durante crise do coronavírus (Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty)
Em São Paulo, mulher faz compras durante crise do coronavírus (Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty)

Levantamento feito pela Rede Nossa São Paulo em parceria com o Ibope Inteligência mostrou que 24% dos paulistanos são a favor de relaxar medidas de isolamento social, porque o “pior da pandemia já passou”.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

As entrevistas foram feitas online entre os dias 21 de maio e 1º de junho com internautas a partir de 16 anos, todos das classes ABC com moradores da capital paulista.

O estado de São Paulo registra mais de 144 mil casos de coronavírus e 9,1 mil mortes pela Covid-19. Ainda assim, 33% dos entrevistados consideram que a capital paulista deve reabrir o comércio imediatamente, mesmo correndo o risco de uma nova onda de contágio da doença.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Entre os moradores da cidade de São Paulo ouvidos pela pesquisa, 83% acreditam que é possível salvar vidas e, ao mesmo tempo, proteger a economia do país.

O levantamento ainda questionou os paulistanos sobre como a política interfere no combate ao coronavírus. Para 81%, a polarização no Brasil está prejudicando a luta contra a pandemia e, para 78%, as trocas de ministros da Saúde também atrapalham.

Leia também

Sobre as eleições, menos da metade dos entrevistados são a favor de manter as eleições municipais, que, a princípio, serão em outubro. 49% dos entrevistados acreditam que o pleito deve acontecer, as com adaptações para garantir a segurança de todos.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também