Em série no seu perfil, Oscar fala sobre passagem no Internacional

Futebol Latino
LANCE!


O meia brasileiro Oscar, figura que iniciou a sua quarta temporada em 2020 no futebol chinês vestindo a camisa do Shanghai SIPG, tem feito uma série no seu perfil do Instagram onde relembra a história de camisas que guarda com mais carinho em seu acervo pessoal.

Depois de falar do próprio uniforme do Shanghai, Chelsea e Seleção Brasileira além de indumentárias como da Argentina (Lionel Messi), São Paulo (Rogério Ceni) e a que ele usou nas Olimpíadas de 2012 em Londres representando o Brasil, o sétimo episódio foi dedicado a falar sobre o período em que defendeu o Internacional. Inspirado no número que tem mais apego, o 8, a série terá oito episódios.

O ponto que mais agrada o jogador atualmente com 28 anos de idade é o fato de que ele recebeu muito carinho quando defendeu a equipe do Beira-Rio, algo que tem sido uma constante mesmo há muitos anos distante do Inter. Esse tipo de tratamento faz com que ele confesse levar o clube "no coração".

- Eu jogava muito com a 16 lá, sempre foi um número que me deu sorte. É um lugar que eu me dei muito bem, em Porto Alegre, e também a minha esposa. Os torcedores já compravam a 16 por minha causa. Foi muito legal, a passagem no Inter foi algo que eu gostei muito e é um dos times que eu levo no meu coração porque eu tenho um carinho enorme lá. As pessoas gostam de mim como se eu fosse muito ídolo - pontuou.

Tendo defendido o Internacional entre 2010 a 2012 após passar por boa parte da sua formação no São Paulo, Oscar acumulou, em 70 partidas, 19 gols e três títulos: duas edições do Gauchão (2011 e 2012) além da Recopa Sul-Americana em 2011.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também