Em retorno ao Sevilla após 4 meses, Ganso dá chapéu e faz dois gols

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O meia Paulo Henrique Ganso retornou em grande estilo ao Sevilla após quase quatro meses na reserva. Ele abriu o placar aos 3min de jogo contra o Granada, nesta sexta-feira (21), pelo Campeonato Espanhol, em bela jogada que começou com um chapéu do brasileiro sobre um rival.

Já no segundo tempo, Ganso foi às redes mais uma vez para fazer 2 a 0. Ele recebeu cruzamento rasteiro de Sarabia na pequena área e só empurrou para o gol. A última partida do meia com dois gols havia sido em 18 de maio de 2014, em vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Flamengo pelo Brasileirão.

Ganso atuou bem avançado, como legítimo camisa 10, centralizado atrás dos atacantes Jovetic e Correa. Ele entrou bastante na área e finalizou muitas vezes a gol. No início da temporada, o técnico Jorge Sampaoli vinha escalando o jogador em função mais recuada no meio-campo, auxiliando na saída de bola.

Antes desta sexta (21), o último jogo do brasileiro havia sido no dia 4 de janeiro, quando o Sevilla visitou o Real Madrid no Santiago Bernabéu e perdeu por 3 a 0. Depois, ficou longo período sem jogar, muitas vezes sem ser nem relacionado por Sampaoli.

Este foi o segundo gol de Ganso pelo Sevilla em 13 jogos. O primeiro aconteceu em uma goleada por 9 a 1 sobre o Formentera, da quarta divisão, em partida válida pela Copa do Rei.

O jogo contra o Granada é importante para as aspirações do Sevilla de jogar a Liga dos Campeões da próxima temporada. O time tem 62 pontos e ocupa a quarta colocação, oito pontos acima do Villarreal.